23 Junho 2016      15:40

Está aqui

BEJA: UMA CIDADE INUNDADA DE ESPETÁCULOS

As ruas de Beja vão ser ocupadas por música, teatro, dança e cante alentejano, transformando assim a cidade numa enorme sala de espetáculos a céu aberto. É assim que irá decorrer a primeira edição do “Beja na Rua”, entre os dias 24 de junho e 16 de julho, que conta com os Adiafa, Tim, Virgem Suta, António Zambujo e Jorge Serafim.

Os espetáculos e as iniciativas do festival vão decorrer em vários espaços do centro histórico de Beja, entre a Praça da República, a zona das Portas de Mértola, o Largo do Museu Rainha D. Leonor, o Jardim do Bacalhau e o Largo de S. João. Contando com miniconcertos, animações de rua, intervenções de arte urbana, exposições, performances de dança e poesia, "workshops", um piquenique literário e a sessão "Contos com comédia", pelo contador de estórias e humorista Jorge Serafim.

Na Praça da República atuam, entre outros, os portugueses Adiafa e a banda cabo-verdiana Ferro Gaita, no dia próximo dia 1 de julho, a artista guineense Eneida Marta e de Kumpania Algazarra, no dia 2, os Virgem Suta, no dia 9, de Tim, no dia 15, e António Zambujo, a fechar o festival, no dia 16.

Os miniconcertos de rua vão decorrer nos dias 24 e 25 de junho, incluindo atuações de grupos e músicos do concelho de Beja, como Moços da Aldeia + Moças do Cante, projeto Em Tom de Fado, João Cataluna, Songs Dawns, Grupo Coral de Beja, Paulo Colaço, Fernando Pardal e Cantadores do Desassossego.

O festival apresenta ainda sete exposições, dos artistas plásticos António Paizana, Dilar Pereira, João Charrua, Leonel Borrela, Niurca Bou e Rico Sequeira e do cartoonista Luís Afonso.

 

Imagem © Rita Carmo.

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.