5 Junho 2019      12:16

Está aqui

Barrancos, canto lírico, estrelas e passeio pelos campos. Tudo isto liga

Imagine Barrancos, canto lírico, um passeio pelos campos e, à noite, um imenso céu estrelado. É a proposta do Festival Terras sem Sombra, que vai mais longe que a imaginação e está no próximo fim de semana em Barrancos, com um programa diversificado, de acesso livre, que tem início às 18h30 de sábado, dia 8 de junho com um recital da famosa contralto norte-americana Ellen Rabiner, acompanhada ao piano pelo maestro Nuno Margarido Lopes, no Cineteatro de Barrancos.

A partir das 21h30, o convite é para uma visita guiada ao céu noturno a partir do Castelo de Noudar que estará apetrechado com telescópios e outros equipamentos sofisticados, numa iniciativa que conta com o apoio do Observatório do Lago Alqueva, do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço e da Associação Portuguesa de Astrónomos Amadores.

Nesta atividade os participantes orientar-se-ão pela estrela polar, identificarão as constelações e conhecerão lendas associadas a este mundo misterioso. Farão também a observação da Lua e, relacionando a cor das estrelas com as suas idades e temperaturas, descobrirão enxames de estrelas, nebulosas e galáxias, contarão as luas de Galileu a orbitar Júpiter e examinarão os anéis de Saturno.

O embaixador dos Estados Unidos em Portugal, George E. Glass, que visita oficialmente, pela primeira vez, a margem esquerda do Guadiana, presidirá a esta iniciativa.

No domingo, dia 9 de junho, a partir das 9h30, o convite é para um passeio campestre dedicado ao conhecimento da prevenção e combate incêndios florestais num território de elevado valor ambiental, onde graças a um projeto pioneiro ao nível ibérico, os incêndios são controlados através de uma cooperação transfronteiriça dinâmica e permanente, que aposta na antecipação e na resposta rápida.

A iniciativa será orientada pela EDIA, pelos Bombeiros de Barrancos e serviços de combate aos incêndios florestais dos Governos da Andaluzia e da Extremadura, que colocarão os seus meios no terreno.

Todas as atividades do Terras sem Sombra em Barrancos são de acesso livre e resultam da parceria entre a EDIA, a Câmara Municipal de Barrancos e a Embaixada dos EUA.

 

Imagem de capa de Luís Quinta.

 

Siga o Tribuna Alentejo no  e no Junte-se ao Fórum Tribuna Alentejo e saiba tudo em primeira mão

 

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.