10 Agosto 2018      12:17

Está aqui

Baixo Alentejo troca tampas por equipamento médico e cuidados de saúde

Aníbal Reis, Diretor Executivo da Resialentejo

A população do Baixo Alentejo tem sido desafiada a juntar tampas e caricas e a entregá-las à empresa que faz a gestão de resíduos naquela região alentejana, a Resialentejo. O "Dê uma Tampa", é assim que se chama o programa de responsabilidade social, está a crescer, segundo Aníbal Reis Costa, o diretor executivo.

No final do primeiro semestre de 2018, a RESIALENTEJO recebeu mais de 190 toneladas de tampas e caricas, o que representa um crescimento de 10%, em relação ao mesmo período do ano passado. As tampas, normalmente feitas de polipropileno, um tipo de plástico valioso, são recicladas e em contrapartida a empresa de gestão de resíduos apoia beneficiários, que neste momento são mais de uma centena, com equipamentos médicos ou ortopédicos ou financiamento de prestações médicas.

 

Siga o Tribuna Alentejo no  e no Junte-se ao Fórum Tribuna Alentejo e saiba tudo em primeira mão

 

 

 
CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.