12 Outubro 2017      09:23

Está aqui

ALQUEVA FORA DA NOVA LIMITAÇÃO DE CRESCIMENTO DA DÍVIDA

O Governo pretende reduzir de 3% para 2% o crescimento da dívida das empresas públicas, segundo uma versão preliminar da proposta do Orçamento do Estado para 2018 (OE2018) a que a Lusa teve acesso.

De acordo com esta versão do OE2018 "o crescimento do endividamento das empresas públicas fica limitado a 2%, considerando o financiamento remunerado corrigido pelo capital social realizado e excluindo investimentos, nos termos a definir no decreto-lei de execução orçamental".

A exceção deste novo limite abrange as empresas de transportes públicos e da Empresa de Desenvolvimento e Infra-Estruturas do Alqueva (EDIA), que tem em execução o Programa Nacional de Regadio e que é financiado pelo Banco Europeu de Investimento (BEI).

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.