25 Fevereiro 2018      12:41

Está aqui

Alentejo fica com quase metade das novas vinhas que vão nascer no país

Notoriedade e reconhecimento internacional são os critérios que levaram o governo a autorizar a plantação de novas vinhas no país num total de cerca de 2 mil hectares, em que 42% serão destinados aos vinhos alentejanos.

Ao todo vão ser autorizados 800 hectares para plantações de novas vinhas no Alentejo para produção de vinhos com Denominação de Origem Protegida (DOP) ou Indicação Geográfica Protegida (IGP). Agora os agricultores vão poder candidatar-se através do Sistema de Informação da Vinha e do Vinho entre 1 de Abril e 15 de Maio, sendo a decisão comunicada aos candidatos até ao dia 1 de Agosto e terão prioridade jovens produtores, isto é, produtores até aos 40 anos.

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.