9 Março 2018      17:03

Está aqui

Alentejo: Escolas em greve a 14 de março

Mário Nogueira, Secretário-Geral da FENPROF

A FENPROF lançou um pré-aviso de greve de 24 horas e que deverá afetar as escolas de Beja, Évora e Portalegre a 14 de março. Os professores e educadores reclamam por uma nova proposta do Governo relativa à recuperação do tempo de serviço para efeitos de carreira que "garanta a recuperação integral do tempo de serviço cumprido, a ter lugar entre 2019 e 2023", como se pode ler em comunicado.

A FENPROF exige ainda "a fixação de um valor mínimo de vagas para progressão aos 5.º e 7.º escalões, a negociação anual do número real de vagas a abrir, medidas de efetivo combate à precariedade e um regime de concursos justo e transparente". Para além disso aquele sindicato rejeita ainda aquilo que chamam de municipalização da educação, através da transferência de competências para as Câmaras das escolas do sistema público.

Esta greve terá o seu início às zero horas do dia 13 de março de 2018 e prolongar-se-á até às 24 horas do dia 16 de março de 2018, sendo que para o Alentejo, a FENPROF apela a uma paragem dos professores e educadores a 14 de março.

Imagem de capa de Vítor Mota

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.