15 Março 2019      15:51

Está aqui

Alentejo e Badajoz celebram 25 anos da união dos dois maiores centros oleiros da península

José Calixto, Presidente da Câmara de Reguengos de Monsaraz

A Festa ibérica da Olaria e do Barro une há 25 anos os dois maiores centros oleiros da Península Ibérica. S. Pedro do Corval, no concelho de Reguengos de Monsaraz, e Salvatierra de los Barros, na província de Badajoz (Espanha), realizam em anos alternados esta festa em cada localidade, que este ano acontece de 23 a 26 de maio em S. Pedro do Corval e o programa integra a Exposição Nacional dos Territórios Portugueses com Cerâmica, a Exposição de Olarias Extintas de Espanha, oleiros e ceramistas a trabalharem ao vivo, um festival de música ibérica, o circuito das olarias, um encontro de oleiros e ceramistas e as jornadas ibéricas de olaria e cerâmica.

Para celebrar estes 25 anos promove a exposição “25 anos da Festa ibérica da Olaria e do Barro”, que vai estar patente de 15 de março a 11 de abril no edifício Badajoz Século XXI, em Badajoz (Espanha).
 
A exposição “25 anos da Festa ibérica da Olaria e do Barro” é organizada pelas câmaras municipais de Reguengos de Monsaraz e de Salvatierra de los Barros e pela Junta de Freguesia de Corval. A mostra já esteve patente entre 1 e 22 de fevereiro na Fundação Inatel, em Évora, e vai ser também apresentada em Mérida (Espanha) e em Lisboa.

O espaço da exposição tem painéis sobre os 25 anos da Festa Ibérica da Olaria e do Barro, com a história de S. Pedro do Corval e da Casa do Barro – Centro Interpretativo da Olaria de S. Pedro do Corval, assim como de Salvatierra de los Barros e do Museu de Alfareria. Estão também expostos os cartazes de edições do evento, há uma mostra de peças dos dois centros oleiros e uma área onde são exibidos vídeos promocionais dos trabalhos dos oleiros das duas localidades.

 

Siga o Tribuna Alentejo no  e no Junte-se ao Fórum Tribuna Alentejo e saiba tudo em primeira mão

 

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.