15 Maio 2019      19:01

Está aqui

Alentejo de Excelência debate talento e emprego no século XXI

Henrique Sim-Sim, Presidente da Alentejo de Excelência

A Alentejo de Excelência vai reunir um conjunto de especialistas na área dos recursos humanos e gestores de empresas para debaterem em conferência sobre o mercado de trabalho para os próximos anos. O enfoque do debate vai ser dado sobretudo ao nível das atitudes e competências adequadas aos desafios do futuro e às alterações socioeconómicas que estão a acontecer na região e o seu impacto para o emprego.

Para além de Arlindo Duarte, Diretor de Recursos Humanos da Embraer Portugal, João Leitão, CEO da AlentApp, Carlos Catarino, Diretor Executivo da ANJE Alentejo e de Carlos Sezões, Partner da Stanton Chase, a Alentejo de Excelência convidou também James Tattersfield, Founder da Polar Insight, uma consultora britânica que realizou recentemente um estudo sobre a flexibilidade no mercado de trabalho em Portugal.

Os resultados deste estudo, realizado em com o CEPCEP - Centro de Estudos sobre Pessoas e Culturas de Expressão Portuguesa da Universidade Católica,  acentua a disparidade salarial entre homens e mulheres (três em cada quatro trabalhadores com salários inferiores a 500 euros são mulheres e  oito em cada dez trabalhadores com salários acima dos 3.500 euros são homens), aponta para uma maior procura de flexibilidade de horário por parte dos trabalhadores, ao invés da cultura do “presentismo” nas empresas, mostrando as discrepâncias entre as expectativas dos trabalhadores em Portugal e aquela que é a realidade da flexibilidade laboral.

Segundo Henrique Sim-Sim, Presidente da Alentejo de Excelência, “estas e outras questões serão debatidas nesta Conferência que é seguida de um Jantar de Networking” aberto a todos os interessados. Henrique Sim-Sim refere ainda que “em Évora, e no Alentejo, parece estar a existir uma alteração no mercado de trabalho face às novas dinâmicas empresariais que surgem, por exemplo, por via da fixação de grandes empresas na área da tecnologia ou aeronáutica, ou no baixo Alentejo, em resultado do desenvolvimento de grandes projetos agrícolas e agroindustriais. Existem ainda outros fatores que levam a uma alteração no mercado de trabalho regional, como seja as motivações dos jovens trabalhadores, o fenómeno da migração global ou da gentrificação em cidades como Lisboa. É por importante promover a reflexão e antecipar as necessidades de formação e de desenvolvimento profissional e pessoal contínuo para responder às necessidades das empresas na região e para conseguir fixar e atrair jovens profissionais talentosos para estas iniciativas.”

A Conferência decorrerá no Auditório 131 da Universidade de Évora, dia 31 de Maio, entre as 17h00 e as 19h30, e o jantar de networking será realizado num restaurante de Évora.

Ambas as iniciativas são abertas à comunidade, nomeadamente gestores, empresários, decisores públicos, autarcas, docentes e investigadores e público em geral.

A Alentejo de Excelência é uma organização sem fins lucrativos que envolve um conjunto de cidadãos independentes, civicamente ativos e comprometidos com a sua região, promovendo diversas iniciativas na área da reflexão, empreendedorismo e solidariedade, com o objetivo de aportar conhecimento para uma nova visão estratégica para o Alentejo.

 

Siga o Tribuna Alentejo no  e no Junte-se ao Fórum Tribuna Alentejo e saiba tudo em primeira mão

 

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.