14 Setembro 2019      20:02

Está aqui

Alemã Clara-Jumi Kang e Orquestra de Macau juntas para tocar no Alentejo

Para assinalar o 20º aniversário da transferência de poderes da Administração Portuguesa de Macau para a República Popular da China, a solista Clara-Jumi Kang e a Orquestra de Macau vai dar concertos em Évora, Coimbra, Portalegre e Lisboa.

Esta noite, em Évora, decorrerá o primeiro concerto, no Teatro Garcia de Resende, em Évora, pelas 17h.

Em Portalegre, no dia 20 de setembro, às 21 horas, a Orquestra de Macau protagoniza o Concerto Especial de Poslúdio do 6º Festival Internacional de Música de Marvão, no Centro de Artes e Espetáculos. 

Sob a batuta do seu diretor musical e maestro principal, o Maestro Lü Jia, os concertos terão como solista a conceituada violinista alemã Clara-Jumi Kang, considerada prodígio na minuciosa técnica de tocar violino. Fundada em 1983, a Orquestra de Macau é uma das mais prestigiadas orquestras asiáticas com um repertório que inclui clássicos chineses e ocidentais de todos os tempos.

A Orquestra tem realizado várias digressões, incluindo na Áustria, Suíça, Portugal, Japão, Coreia e Taiwan, bem como concertos regulares nas principais capitais culturais da China, como Pequim e Xangai, com vista a expandir a influência cultural de Macau.

A Orquestra colabora regularmente com artistas e instituições de renome, como: Plácido Domingo, Krystian Zimerman, Boris Berezovsky, Leonidas Kavakos, Lang Lang, Sarah Chang, English National Ballet, Philadelphia Orchestra, Korean Chamber Orchestra, entre outras.

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.