26 Maio 2018      16:52

Está aqui

Aeronáutica deseja continuar a crescer em Portugal

A aeronáutica deseja continuar a crescer em Portugal e a AED - Associação Nacional de Aeronáutica, Espaço e Defesa quer mesmo atingir 3% do PIB em cinco anos e a estratégia passa por duplicar o volume de negócios, crescendo cerca de 760% nas exportações.

Este “cluster” português é constituído por cerca de 60 empresas -no Alentejo com vários polos como Évora, Ponte de Sor, Beja e, em breve, Grândola -  e que representa já 1,2% do PIB, empregando 18.500 pessoas.

Apesar de já existirem curso próprios e adequados – mesmo a nível superior – a existe ainda uma grande falta de especialistas, havendo carência de cerca de 2.000 empregos, numa área que em 2007 era quase inexistente em território nacional.

 

 

Imagem de geringonca.com

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.