29 Julho 2015      12:20

Está aqui

VENDAS NOVAS PROCURA SOLUÇÃO PARA EX-TRABALHADORES DA VN AUTOMÓVEIS

Resignado, mas não conformado, é assim que Luís Dias, Presidente da Câmara Municipal de Vendas Novas, se declara ao Tribuna Alentejo, a propósito da falência da VN Automóveis, que lançou 55 trabalhadores no desemprego.

Para já Luís Dias declara que “não vamos desistir de encontrar uma solução para os antigos trabalhadores da VN Automóveis” .

Apesar de reconhecer que os problemas são antigos, “durante os últimos 10 anos, sempre se encontraram caminhos para viabilizar a empresa e mantê-la a laborar”.

O Presidente da Câmara tem-se desdobrado em contactos que permitam encontrar uma solução para os 55 ex. trabalhadores da VN Automóveis, que agora se vêm empurrados para o desemprego.

33% das pessoas em causa são quadros altamente qualificados, e residentes fora do concelho, outros 33% serão pessoas com mais de 55 anos de idade e com 40 anos de trabalho no sector, e os restantes são jovens residentes no concelho.

No passado dia 17 de julho, o Presidente Luís Dias, juntamente com o Vereador Joaquim Soeiro, reuniram com o Secretário de Estado da Inovação, Investimento e Competitividade, para em conjunto tentarem encontrar uma solução para a VN Automóveis. “Frio e pragmático”, é assim que o Presidente da Câmara Municipal de Vendas Novas Luís Dias, classifica a postura de Pedro Gonçalves, Secretário de Estado da Inovação, Investimento e Competitividade, acerca do fecho da VN Automóveis.

Após a reunião com o Secretário de Estado e sem que alguma solução imediata daí tivesse resultado, o responsável da autarquia de Vendas Novas reuniu dia 24 de julho com o Presidente da Volkswagen Autoeuropa, António Melo Pires, tentando perceber a possibilidade de integrar no imediato alguns dos cerca de 50 ex. trabalhadores da VN Automóveis.

As possibilidades são promissoras, apesar da Autoeuropa neste momento não estar a recrutar trabalhadores, já que António Melo Pires assumiu o compromisso de analisar todos os currículos e integrar a curto-prazo alguns dos trabalhadores que venham a ser considerados mais-valias para a Autoeuropa.

O autarca ficou também a saber que a previsão de produção de um novo modelo em 2017, na Autoeuropa, fará com que muitos dos recursos humanos deste sector sejam necessários. Este investimento na Autoeuropa reforçará a maior empresa nacional de produção automóvel.

Deste encontro resultou também o reconhecimento de António Melo Pires, sobre a atratividade das instalações da VN Automóveis, para empresas do sector, principalmente pela sua localização e acessibilidades.

Apesar das dificuldades Luís Dias espera encerrar o ano com saldo positivo no concelho em relação à manutenção e criação de postos de trabalho.

“Esperamos fechar o ano de 2015, com um saldo positivo, na balança do desemprego do Concelho”, referiu, destacando que apesar do encerramento da VN Automóveis, a abertura de duas superfícies comerciais e uma unidade fabril de produção de pranchas de Surf, criarão no concelho de Vendas Novas cerca de 100 novos postos de trabalho.

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.