16 Agosto 2015      01:19

Está aqui

UM TETO, TRÊS FÉS - O EXEMPLO ALEMÃO

Em Berlim está a ser projetada A Casa de Um, uma casa que será sinagoga, mesquita e igreja e onde judeus, muçulmanos e cristãos vão poder rezar.

A “Casa de Um”, um teto, um local, um templo, será partilhada como local confluente de diferentes fés em Berlim. Pelo menos assim o desejam um rabi, um imã e um pastor que estão a reunir fundos de modo a passar este projeto do papel à realidade.

Judaísmo, Islamismo e Cristianismo são as três religiões com raízes mais antigas na capital alemã e esta ideia de pôr três religiões a partilharem o mesmo espaço foi de Gregor Hohberg, um pastor protestante a quem logo se juntou o rabi Tovia Ben-Chorin e o imã and Imam Kadir Sanci.

"Berlim é a cidade da queda pacífica do Muro e da pacífica coexistência de crentes de variadas fés – as pessoas aprenderam a compreender-se umas às outras.“ revelou Hohberg ao jornal britânico “The Independent”.

A escolha do local recaiu numa zona rica em História, a “Ilha do Museu” e será também no local onde existem ainda vestígios da primeira igreja de Berlin, a Petrikirche (a igreja de S. Pedro) e uma escola de Latim que datava de 1350.

Quando em 2009 os arqueólogos escavaram a zona houve logo um sentimento mútuo de que aquele era o local exato para albergar a “Casa de Um”.

São necessários 43.500 euros e os promotores pretendem chegar a este valor através de “crowdfunding” (recolha de fundos) e a aquisição simbólica de cada tijolo terá o custo de 10€.  

O desenho do local de “multiculto” esteve a cargo de uma equipa de arquitetos, Wilfried Kuehn e Simona Malvezzi, e já forma premiados internacionalmente pela “A Casa de Um”. O edifício é constituído por um espaço central comum - onde membros das religiões envolvidas poderão confraternizar - e por uma sinagoga, uma igreja e uma mesquita em espaços individuais.

O imã Sanci espera que o projeto ajude a que se vejam como normais as relações entre pessoas de diversas religiões: “Queremos que as nossas crianças tenham um futuro no qual a diversidade seja a regra.” - disse também ao “The Independent”, a quem o rabi Ben-Chorin revelou que vê o local como um sítio para cicatrizar feridas antigas sem as esquecer “Berlim é uma cidade de muitas feridas e muitos milagres. É a cidade onde o extermínio de judeus foi planeado. Agora, é aqui que será construída a primeira casa no mundo a albergar três religiões diferentes.”

O projeto já arrancou, e com três religiões a depositarem nele a sua fé, será certamente bem sucedido.

 

Imagens daqui

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.