3 Agosto 2015      10:16

Está aqui

LEÕES E HUMANOS

Nestas últimas semanas em praticamente todo o Mundo, todos tiveram oportunidade de expressar o seu choque e descontentamento com o assassinato de Cecil, o Leão que, segundo os especialistas era um dos últimos da sua espécie.

Proliferaram pedidos de justiça e exigências de punição do responsável pelo acto, bem como dos seus cúmplices. Não houve pessoa que não opinasse sobre o caso de Cecil o Leão.

Também a mim o caso me fez confusão e espero sinceramente que a justiça seja feita neste caso de claro desrespeito pelas leis da natureza.

No entanto, e perdoem-me os mais acérrimos defensores desta causa, não posso deixar de notar o meu espanto com a falta de tamanho interesse com as crises humanitárias que ocorrem no Mundo inteiro.

Neste momento há pessoas a morrer à fome em Portugal, há famílias inteiras desempregadas e sem saber como fazer face às suas despesas mensais. Neste momento há pessoas que não têm como comprar os seus medicamento e os bens essenciais à sua sobrevivência.

Há também milhares e milhares de pessoas a aguardar autorização para entrar na Europa, numa das maiores crises humanitárias registadas nos últimos anos.

Perante este cenário e dando uma rápida vista de olhos pelas redes sociais, facilmente conseguimos perceber que, quanto a este assunto, raras são as abordagens e as palavras contra tanta discriminação.

Já há tempos se passou o mesmo com a questão do abate ou não de um cão que poderia estar contaminado com uma doença mortal e contagiosa entre animais e humanos.

Mais ondas de solidariedade se levantaram e, mais uma vez, várias crises humanitárias passaram ao lado de muitas pessoas.

Contrariamente ao que muitos defendem, não creio que se deva dar prioridade às pessoas em detrimento dos animais. Todos residimos no mesmo meio e todos devemos ter os mesmos direitos.

Gostava era de ver o mesmo empenho nas causas supra descritas que afectam inúmeras famílias portugueses sem que ninguém se digne a parar um pouco para pensar no que estão a passar neste momento.

Temos sempre facilidade em aderir às causas da moda e que todos partilham nas redes sociais, no entanto, quando se trata de intervir e denunciar as calamidades que os portugueses estão a sofrer, a actividade diminui drasticamente.

Dizem-se algumas poucas palavras, deixando os comentários para os mesmos de sempre….

O Leão Cecil foi assassinado e o responsável por isso já está a ser julgado. Este Governo está a matar dezenas de famílias…vamos ficar calados?

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.