27 Agosto 2015      12:35

Está aqui

HORÁRIOS ZERO AUMENTAM NO ALENTEJO

O Sindicato de Professores da Zona Sul, revelou em comunicado números relativos aos "horários zero" dos quadros de professores nos distritos de Portalegre, Évora, Beja e Faro.
 
No total existem 120 "horários zero", ou seja, 178 docentes a quem não foi atribuída componente letiva, isto apesar de pertencerem aos quadros das escolas. Destes 120, 47 são no distrito de Portalegre, 39 no distrito de Évora e 34 no distrito de Beja.
 
Mais estranho, revela a estrutura sindical, é verificar-se maior incidência de "horários zero" no 3º ciclo e secundário, quando não houve uma redução significativa do número de alunos.
 
O presidente do SPZS, Manuel Nobre, diz que estes números podem ainda subir, visto que estão apenas contabilizados os professores com vínculo às escolas - faltam os quadros de zona - o que poderá significar "um aumento brutal do número de professores com "horário zero" - revelou à Lusa.
 
Para o dirigente, estes números revelam o desinvestimento feito nos últimos anos na Educação e na Escola Pública, e de onde resultam graves prejuízos pedagógicos para os alunos.
 
Manuel Nobre termina pedindo uma "uma profunda alteração destas políticas educativas".
 

Imagem daqui.

 

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.