17 Outubro 2015      12:48

Está aqui

AQUEDUTO DE ÉVORA EM RISCO

Segundo o World Monuments Fund (WMF) – uma organização internacional não-governamental  que se dedica à catalogação e preservação do património cultural mundial - há dois monumentos portugueses que estão em risco de desaparecimento.

Um é a Igreja de São Cristóvão, em Lisboa, o outro é o nosso bem conhecido Aqueduto da Água da Prata, em Évora. Ambos necessitam, segundo a WMF, de obras de conservação.

Nesta lista de monumentos em risco estão mais 50 monumentos de 36 países.

Segunda a instituição, o monumento alentejano "precisa de esforços para o preservar e que ao mesmo tempo o mantenha a funcionar para irrigar parques e jardins".

O Aqueduto da Água de Prata viu a sua construção ser iniciada em 1531. Tem 18 quilómetros, desde a Graça do Divor até Évora, e é dos poucos aquedutos do séc. XVI que ainda está em funcionamento e a abastecer a cidade.

Inaugurado no reinado de D. João III em 1537, foi projetado pelo arquiteto régio Francisco de Arruda e é parte integrante do Centro Histórico de Évora incluído Lista do Património Mundial da UNESCO e é, desde 1910, Monumento Nacional.

 

Imagem daqui

1 Comment

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.
Pedro (não verificado)    4 anos 8 meses
Comentário: 
A Igreja das Mercês, na Rua do Raimundo, garantidamente já não vai conseguir aguentar mais este inverno.