23 Outubro 2015      12:06

Está aqui

AGRICULTURA FAMILIAR ALENTEJANA DISCUTE-SE EM NISA

Já vão no 18.º encontro e desta vez vão discutir o Plano de Desenvolvimento Rural 2020 e a agricultura familiar. Falamos de mais um Encontro de Agricultura Familiar Alentejana, que decorre amanhã no Auditório Ary dos Santos, em Nisa, onde se debaterá a atual situação da agricultura familiar da região, no contexto das políticas agrícolas nacionais e da União Europeia.

A organização é da responsabilidade da Ruralentejo - Conselho para o Desenvolvimento Rural do Alentejo, com apoio da Confederação Nacional da Agricultura (CNA), do Município de Avis e das Autarquias Alentejanas associadas da Ruralentejo.

Nove em cada dez das 570 milhões de propriedades agrícolas no mundo são geridas por famílias, fazendo com que a agricultura familiar seja a forma mais predominante de agricultura e, consequentemente, um potencial e crucial agente de mudança para alcançar a segurança alimentar sustentável e a erradicação da fome no futuro. Os dados fazem parte de um recente relatório das Nações Unidas.

A agricultura familiar produz cerca de 80% dos alimentos no mundo. A prevalência e a produção significam que “são vitais para a solução do problema da fome”, que atinge mais de 800 milhões de pessoas, escreveu o Diretor-Geral da FAO, José Graziano da Silva, na introdução do novo relatório da FAO de 2014 sobre o Estado da Alimentação e da Agricultura (SOFA 2014).

Imagem de capa daqui.

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.