Está aqui

Artigos publicados

DESAFIO: O DODECÁGONO MISTERIOSO

A partir de hoje a minha colaboração passará a quinzenal. Na primeira quinzena de cada mês irei propor um desafio matemático. A segunda quinzena ficará reservada para a continuação da apresentação de artigos de divulgação matemática.

Cada desafio matemático será classificado com um grau de dificuldade de 1 a 3, dependendo do nível de conhecimentos matemáticos exigidos. Aqui está o primeiro!

 

Dodecágono misterioso   Nível de dificuldade: 1

De acordo com a correspondência das cores, qual o número em falta?

 

POR QUE É 2016 UM ANO BISSEXTO?

Desde as mais antigas civilizações, a necessidade de regulação da actividade humana impulsionou a medição e ordenação do tempo.

CURIOSIDADES MATEMÁTICAS – CAPICUAS

A palavra capicua (de origem catalã, onde “cap i cua” significa cabeça e cauda) representa “um conjunto de algarismos ou de letras cuja leitura é a mesma quando feita nos dois sentidos”. Pelo que, palavras como ala, ama ou ovo e números como 77, 121 ou 98355389 são capicuas.

MATEMÁTICA NO TEMPO DOS FARAÓS

Os primeiros registos conhecidos do uso da Matemática para além da simples contagem tiveram origem no antigo Egipto e na Babilónia.

OS NÚMEROS NÃO MENTEM

Uma das faces mais visíveis da Estatística são os gráficos que proliferam nos meios de comunicação social para apresentar dados económicos, políticos ou outros.

NÃO SÃO SÓ NÚMEROS!

O desenvolvimento da capacidade de resolver problemas é actualmente um dos mais importantes objectivos do ensino da matemática contudo, devido a diversos factores, continua a ser sobrevalorizado o treino que visa o domínio de procedimentos e algoritmos em detrimento de actividades que envolvam o raciocínio e a resolução de problemas não rotineiros.

A ineficiência da aprendizagem centrada em procedimentos e algoritmos tem sido comprovada por diversos estudos, revelando que, ainda que haja domínio da componente de cálculo, os alunos revelam grandes dificuldades na resolução de actividades problemáticas cujo enunciado não forneça pistas sobre as ferramentas matemáticas que permitem a sua resolução.

ESTUDOS DE OPINIÃO: INFORMAR OU INFLUENCIAR?

Com a proliferação de estudos de opinião nos media (novos e tradicionais), o cidadão comum tem acesso a informação, sobre as preferências e atitudes dos seus co-cidadãos, que poderá influenciar as suas tomadas de decisão, sejam elas de consumo, eleitorais ou outras.

No caso particular das sondagens pré-eleitorais, está comprovado que os resultados difundidos afectam a decisão de voto no dia das eleições, ao fornecer indicadores que alteram a expectativa do eleitor quanto ao resultado das eleições.

EQUÍVOCOS PROBABILÍSTICOS

Equívocos probabilísticos: O problema da caixa de Bertrand

A sociedade moderna está fundamentada na tomada de decisões baseada em informação, pelo que uma parte considerável das competências que, hoje em dia, são imprescindíveis ao exercício de uma cidadania informada e interventiva, pertencem ao domínio da literacia estatística. Havendo uma enorme diversidade de competências incluídas na literacia estatística poderá considerar-se que têm um objectivo comum: a interpretação e análise crítica de informação numérica, na qual se inclui a informação de natureza probabilística.

Coincidências, Matemática e o Mundial de Futebol de 2014: O Paradoxo do Aniversário

Coincidências

A percepção de que a ocorrência simultânea de determinados acontecimentos é altamente improvável faz com que seja vista como algo de extraordinário, a que chamamos de coincidência.

Quanto vale um voto?

Com a aproximação das eleições para o parlamento europeu, estas começam a estar na ordem do dia em todos os meios de comunicação social. Muito se vai dizendo e escrevendo sobre este assunto, pelo que, pouco a pouco, a estratégia de cada um dos partidos, a composição das listas de cada partido e a coligação entre PPD/PSD e CDS/PP, vão-se tornando tema de conversa.

Páginas