Está aqui

USA

COLHER O QUE SE SEMEOU

Gostaria de poder dizer que o que sucedeu em Charlottesville foi uma total surpresa mas, infelizmente, tal é impossível.

É impossível não esperar este tipo de actos provindos de grupos de extrema direita após termos assistido a toda a argumentação e a todo o discurso de ódio da campanha de Donald Trump.

Surpreendente é ver o discurso de Donald Trump a criticar os assassinos e responsáveis pelo atentado de Charlottesville depois de ter andado meses e meses a incentivar ao ódio contra todos os que não eram americanos.

Estados Unidos anunciam ataque aéreo através do Twitter

As redes sociais já ultrapassam todos os parametros imagináveis e esta notícia é a prova de como os governos estão a alterar a sua forma de veicular a informação. Desta feita o secretário de imprensa do Pentágono contra-almirante John Kirby, twittou na sua conta, "Uma aeronave militar dos Estados Unidos procedeu a um ataque aéreo contra as forças Kurdas, defendendo Erbil...". Posteriormente, o Pentágono efetuou uma declaração completa na sua página do Facebook.