Está aqui

representatividade

RESGATAR A DEMOCRACIA: AS CHAGAS E OS MILAGRES.

A democracia foi sequestrada por três furiosos algozes. Hoje, permanece sob cativeiro, enquanto é torturada até ao âmago da sua essência, cada vez mais escassa, indefinida e perto da extinção na sua forma palpável, real e cotidiana. Contudo, ainda estamos a tempo de a resgatar e salvar de uma morte dolorosa às mãos dos seus captores. Ao olhar para os desafios que a democracia, como forma de liberdade e igualdade da organização das sociedades civilizadas, entre os ideais clássicos de inspiração grega e os vários momentos fundadores do pensamento contemporâneo desde as revoluções francesas e os movimentos políticos do século XIX, posso identificar três bestas do apocalipse que afrontam a sua existência: a) o terrorismo; b) grandes grupos de informação/comunicação; c) a política em si mesma. Contudo, para cada um deles, e em missão de resgate, podemos enviar três cavaleiros: a) a representatividade; b) participação; c) cultura. Entre os vários ataques e possibilidades de salvação da democracia, há dois Meios que, enquanto ferramentas e caminhos, funcionam como importante campo de batalha, cujo terreno pode tanto gerar frutos como ser espaço minado: a televisão, e a internet. Vamos então tentar perceber em que consiste cada um destes pontos.