Está aqui

Quénia

Porque há actos que não nos podem passar ao lado

150! Sim, 150 estudantes foram barbaramente assassinados no Quénia por rebeldes do Estado Islâmico ligados à Al-Qaeda.

150 jovens que cometeram uma única e exclusiva ousadia perante os terroristas: assumiram-se como cristãos levando a que tal “confissão” lhes custasse a vida.

Continuamos a assistir a actos de barbárie como se assistiu no tempo do nazismo. Em prol de quê? De fundamentalismos escondidos atrás da religião, defendendo tudo a quanto esta se opõe.