Está aqui

Programa REVIVE

CONVENTO DO CARMO DE MOURA PODE VIR A SER HOTEL

O Convento do Carmo de Moura, no Baixo Alentejo, cujas origens remontam ao período medieval, é um imóvel classificado e tem um inestimável valor patrimonial e sentimental para os habitantes do concelho, tanto que a autarquia tenta há anos encontrar uma solução para ele.

Essa solução parece estar prestes a encontrar-se, já que o Governo prepara-se para integrar o imóvel no Projeto "Revive", abrindo assim portas ao investimento privado para desenvolvimento de projetos turísticos, através da realização de concursos públicos.

AUMENTA CONTINGENTE ALENTEJANO NO “REVIVE”

O Tribuna Alentejo já tinha feito referência que o distrito de Portalegre era o distrito do país com mais imóveis integrados no programa “Revive”, um programa de requalificação do património histórico português que visa a sua valorização e prevê a concessão a investidores privados de imóveis do Estado, com o compromisso de que sejam reabilitados e prevê, numa primeira fase, a cedência de 30 edifícios.

DEPUTADOS QUEREM O CONVENTO DE SÃO FRANCISCO RECUPERADO

A iniciativa coube ao deputado socialista pelo círculo de Portalegre, Luís Moreira Testa que quer ver o Convento de S. Francisco, um importante património da cidade de Portalegre, recuperado e valorizado ao abrigo do projeto “Revive” de modo a que se transforme num ativo económico, a par da igreja de S. Francisco e da Fábrica Robinson.