Está aqui

prémio

ARQUITETO ALENTEJANO NUNO PORTAS HOMENAGEADO PELA ORDEM

O arquiteto alentejano Nuno Portas, natural de Vila Viçosa, vai ser homenageado pela Ordem dos Arquitetos, próxima segunda-feira, Dia Nacional do Arquiteto, em Lisboa.

De 83 anos, o trabalho de Nuno Portas é um marco muito relevante na arquitetura e urbanismo nacional e internacional e vê assim este trabalho reconhecido pela Ordem, numa cerimónia onde estará também presente o ministro da Cultura, Luís Filipe de Castro Mendes.

MÉDICA ALENTEJANA VENCE PRÉMIO INTERNACIONAL

Raquel Campanilho Marques foi premiada pela Liga Europeia contra as Doenças Reumáticas, recebendo uma das mais prestigiadas distinções internacionais da especialidade. A médica alentejana, natural de Portalegre, é reumatologista no Hospital de Santa Maria, investigadora no Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa e arrebatou a distinção, entre 4300 selecionados, com uma terapia inovadora para a dermatomiosite juvenil, uma doença rara que afeta a pele e os músculos.

“ALDEIA DOS SONHOS” É ALENTEJANA

A aldeia histórica de São Miguel do Pinheiro (concelho de Mértola) foi escolhida como a “Aldeia dos Sonhos” pela Fundação INATEL.

Esta iniciativa, “Aldeia dos Sonhos”, é um projeto que nomeia anualmente uma das aldeias histórias de Portugal, com o intuito de realizar os sonhos de localidades com menos de 100 habitantes. Promovido pela INATEL, pretende a concretização de sonhos de natureza turística, cultural e desportiva das populações mais isoladas do país que, de outra forma, não teriam possibilidade de os realizar.

VINHOS PREMIADOS RECEBEM MEDALHAS EM REGUENGOS

Os vinhos portugueses que foram premiados no concurso internacional “La Selezione del Sindaco” vão receber as medalhas em Reguengos de Monsaraz, no dia 15 de agosto, aquando da realização da 23ª edição da Exporeg – Exposição de Atividades Económicas e que vai decorrer entre os dias 13 e 16 de agosto.

"BRINCAS DE ÉVORA" NO CINEMA

Depois de o reconhecimento da EDP, que premiou as “Brincas de Évora” na 1ª Edição do Programa "Tradições Locais e Regionais 2015", de entre 122 candidatos, agora surge um documentário sobre as mesmas.

As “Brincas de Évora” são de forte expressão popular – diz-se terem origem no Teatro d eGil Vicentino - e têm sido, ao longo dos anos, um forte elo de ligação e de relação comunitária; criam uma noção de pertença à comunidade e à contemporaneidade, além da disseminar as suas origens antigas.

Os seus protagonistas de hoje querem dar-lhes um novo estímulo e um forte impulso de continuidade. São protagonistas, eles, as suas histórias e processos de fazer, aliados à recolha de informação e realização de estudos sobre as “Brincas de Évora”.

Alentejo em destaque

A primeira edição dos Prémios da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal – AHRESP, é o evento que irá distinguir e premiar os Melhores do Ano 2014 no setor da Restauração e da Hotelaria em Portugal.

O objetivo é premiar e distinguir as melhores Empresas, Marcas e Profissionais do ano de 2014 nos setores da Hotelaria, Promoção Turística e Restauração, distribuídas por várias categorias.

Premiadas pela EDP

Realizou-se na passada quinta, dia 9, a 1ª Edição do Programa Tradições Locais e Regionais 2015 da EDP Produção,

A Cerimónia de Anúncio Público de Resultados decorreu na sede da EDP Porto, e as “Brincas de Évora” levadas a efeito pela Casa de Povo de Canaviais (Évora), era um entre os 122 candidatos de 50 Municípios de Norte a Sul do país. Esta tradição muito própria desta freguesia eborense encontra-se como uma das 14 finalistas desta 1ª Edição, tendo sido já obtido um apoio da Fundação EDP para a preservação e divulgação desse património imaterial desta terra alentejana.

Prémio Fluviário – jovem Cientista do Ano 2014

o vencedor Thiago Rocha

No passado dia 30 de março, o investigador Thiago Lopes Rocha, aluno de Doutoramento em Ciências do Mar, da Terra e do Ambiente, especialidade Ecotoxicologia, no Centro de Investigação Marinha e Ambiental (CIMA) da Universidade do Algarve (UAlg, Portugal), foi distinguido com o Prémio Fluviário - Jovem Cientista do Ano 2014, ao abrigo do Programa Ciências sem Fronteiras do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Brasil.

Maria Leal da Costa distinguida pela Sociedade de Belas-Artes

A escultora Maria Leal da Costa foi distinguida pela Sociedade Nacional de Belas Artes pela obra "Correntes de Água".