Está aqui

Nações Unidas

ÉVORA ASSINALA DO DIA DOS MIGRANTES

A Plataforma Internacional de Cooperação e Migração (PICM) assinala amanhã, dia 17 de dezembro, em Évora, o Dia Internacional dos Migrantes, que foi proclamado em de dezembro de 2000 pelas Nações Unidas.

SISTEMA, ADMINISTRAÇÃO E NAÇÕES UNIDAS

Mais um voto anti-sistema

Apesar de se ter verificado um certo alívio pela nomeação presidencial de um novo primeiro-ministro em Itália, afastando um cenário de eleições antecipadas com sondagens vitoriosas para um partido eurocéptico, a situação italiana está longe de ser pacífica.

 O voto expressivo do “não” no refendo italiano (65%), que levou à demissão do chefe de governo Matteo Renzi, é um exemplo claro de mais um voto anti-sistema no mundo ocidental.

O RECONHECIMENTO MERECIDO

Esta semana provou-se que, para além dos jogos de poder e de interesses carreiristas, o mérito ainda tem algum espaço na União Europeia.

Após todas as votações que teve que enfrentar e da candidatura de uma nova candidata promovida pela Comissão Europeia, António Guterres venceu a eleição para Secretário-Geral das Nações Unidas.

Aquando das presidenciais, muitos o apontaram como o único candidato capaz de derrotar Marcelo Rebelo de Sousa, sendo que Guterres se apressou a informar que não seria sua intenção concorrer a tal cargo.

O ÚLTIMO DOS PRÍNCIPES VERMELHOS

Kim Jong-Un herdou de forma quase dinástica a gestão de um país que considera seu, como já o seu pai o tinha feito por herança do seu avô, e administra o “seu” domínio como um jogo de computador se tratasse.

Sejamos claros (embora custe aos “camaradas” do PCP em admitir), a Coreia do Norte é uma ditadura, mas mais, é uma perigosa ditadura porque detém capacidade bélica ao nível atómico.