Está aqui

igualdade

SECRETÁRIA DE ESTADO PARA A CIDADANIA E A IGUALDADE NO ALENTEJO

A Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Catarina Marcelino, vai estar no Alentejo, em Évora, amanhã, 26 de junho, para participar na sessão de encerramento da conferência “Desafios na Proteção de Crianças e Jovens - O debate intersectorial e interdisciplinar «Explorar os caminhos (não) percorridos»”

GAYS DE SANTALUZ TAMBÉM SÃO MORTOS

Santaluz é um município com cerca de 36 mil habitantes a 260 Km de Salvador, capital da Bahia. Entre os dias 10 e 11 de Junho de 2016, os professores Edivaldo Silva de Oliveira e Jeovan Bandeira, reconhecidamente homossexuais, foram mortos e seus corpos carbonizados. Após serem encontrados, habitantes daquela cidade sertaneja tomaram as ruas, em protesto contra este ato de violência homofóbica.

SER PRINCESA EM TEMPO DE GUERRA

No mundo que  celebra, a nível internacional o dia da mulher como se de repente a figura feminina fosse elevada à estratosfera, esquece-se muita coisa e pior…. Esquecem-se muitas mulheres!

Aceitem celebrar este dia, aceitem as flores que vos dão, aceitem as mensagens de feliz dia da mulher, aceitem as imagens bonitas que o Facebook vos coloca ao dispor nesse dia… Mas queridas, aceitem também a inutilidade do dia da mulher!

O DIA DA MULHER É AMANHÃ!

Celebrou-se no passado dia 8 de Março o dia internacional da Mulher. Legitimo!

No entanto, o que me faz pensar, é quantas mulheres tiveram que morrer em luta pelo seu reconhecimento e quanto sofrimento passaram. Para mim o dia da mulher é todos os dias, pois todos os dias sou mulher! Mas concordo que se celebre esse dia, não com jantaradas e festarolas, mas sim que se reconheça a existência deste dia, se conheça a sua origem e principalmente se reconheça a sua importância!

DEIXEM OS VOSSOS FILHOS BRINCAR COM BONECAS

O Dia Internacional dos Direitos das Mulheres ou o Dia Internacional das Mulheres, numa sociedade justa, nem sequer deveria existir. Mas, enquanto houver mulheres vítimas de desigualdade, tortura, abusos, assédio, escravatura, violência, mutilações, entre outros horrores, justifica-se a sua permanência.

Actualmente, comemora-se esse dia (e também se pode celebrar, pois é legítimo celebrar as conquistas), mas muita gente tem dele uma ideia superficial, que não corresponde em absoluto ao seu propósito original.

86% DOS EDIFÍCIOS PÚBLICOS DO ALENTEJO E RIBATEJO INACESSÍVEIS

Oitenta e seis por cento dos edifícios públicos de Alentejo e Ribatejo são inacessíveis a pessoas com mobilidade reduzida ou com deficiência, segundo um estudo feito pela Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo (ERTAR), a 1300 edifícios públicos ou onde funcionam repartições públicas, como por exemplo câmaras, hotéis, restaurantes, bibliotecas e outros.

POLÉMICAS DE GALINHEIRO

Ainda hoje me consigo lembrar da minha primeira experiência com galinhas e galinheiros. Devia ter uns dez anos - a minha memória, carcomida pelas traças de uma preocupação e ansiedade mundanas, já não é a mesma - e uma adoração pelos animais maior que a que exibo hoje. Mas eu não estava preparada para aquilo, para aquele encontro repentino com a desordem e a histeria.

OS ABUTRES CERCANDO O REBANHO

Esta desafortunada metáfora recorda o drama dos refugiados que tão recentemente tem fustigado a Europa. E apesar de todo o rebanho de refugiados sírios e emigrantes de outros países do Médio Oriente que atravessaram a Síria, terem fugido dos predadores chamados Estado Islâmico, a Europa, o seu oásis, o seu refúgio, ao contrário do expectável, não lhes abriu as portas. Este cantinho do Mundo reconhecido como tolerante, aberto, democrata, solidário, o seu porto de abrigo, esqueceu os seus valores de humanidade e civilidade que tinha arreganhado no pós IIª Guerra Mundial.

MANDELA DAY

Hoje, 18 de julho, é o Dia Internacional Nelson Mandela e o Tribuna Alentejo não podia ser indiferente a este dia.

Muitas vezes apelidado de “Madiba” – um nome usado por quem o seu clã nutre carinho e respeito - por todas as razões conhecidas já seria digno deste destaque e acontece que, por isso mesmo, a própria linha editorial do Tribuna Alentejo se cruza e revê no exemplo humano do líder sul-africano.

Apenas Mulher

A propósito do Dia Internacional da Mulher, sinto o dever, enquanto mulher, de manifestar que considero ser muito importante existir o dia de homenagem a todas as mulheres, mas tal como o Natal, o Dia da Mulher deveria ser todos os dias, assim como outros tantos dias que considero que deveriam ser todos os dias.

Páginas