Está aqui

IEFP

INSCRITOS NOS CENTROS DE EMPREGO DO ALENTEJO EM QUEDA

O número de desempregados inscritos em Novembro passado no Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) voltou a manter-se abaixo dos 500 000 pelo quinto mês consecutivo, sendo que e quando comparado com o perí0do homólogo representa uma quebra de 11,6%, ou seja, menos 63.816 pessoas inscritas.

SINES: ALUNOS IEFP "DEPOSITAM" VINHO NO FUNDO DO MAR

A iniciativa é da autarquia de Sines e da Associação de Produtores de Vinho da Costa Alentejana (APVCA) que submergiram para maturação garrafas de vinho no fundo do Porto de Recreio de Sines, a  propósito da regata de grandes de veleiros comemorativa dos 150 anos da Confederação do Canadá, que partirá do Reino Unido e passará por Sines (Portugal), Bermuda e Estados Unidos, até chegar ao destino final, o país “aniversariante”, em 2017.

IEFP AMPLIA AS SUAS PARCERIAS NO ALENTEJO

Os quatro Centros de Emprego e Formação Profissional do Alentejo vão aumentar a rede de parceiros da iniciativa "Garantia Jovem" na região. Assim, os centros de emprego de Beja, Alentejo Litoral, Évora e Portalegre estão a assinar acordos com várias entidades regionais, visando a constituição de uma rede articulada de parceiros que possa sinalizar, apoiar e encaminhar os jovens que se encontram fora do ensino, do mercado de trabalho e que também não estejam registados no Instituto de Emprego e Formação Profissional.

DESEMPREGO EM ÉVORA É MAIOR DO QUE DIZ O IEFP

A acusação foi feita pela União dos Sindicatos do Distrito de Évora (USDE), afecta à CGTP, pela voz de Valter Lóios, em declarações à agência Lusa, na apresentação ontem um estudo social sobre a região.

Segundo os dados apresentados são neste momento entre 18 000 e 20 000 os desempregados no Distrito de Évora, quase o dobro dos avançados nas listas do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), publicadas em Fevereiro (10 700 desempregados).

IEFP ALENTEJO COM ESTRATÉGIA PROACTIVA NA REGIÃO

O Instituto de Emprego e Formação Profissional do Alentejo, que tem uma nova equipa dirigente liderada por Arnaldo Frade, está a desenvolver um conjunto de reuniões de coordenação da atividade por toda a região, com o objectivo de trabalhar com maior proximidade com autarcas, empresas e entidades, e integrarem um maior número de trabalhadores ou estagiários nesses locais.

DESEMPREGO CONTINUA A SUBIR

O IEFP conta com mais 43 mil desempregados desde Julho de 2015. Segundo os últimos dados disponíveis o desemprego registado está a aumentar há sete meses e as mulheres com ensino secundário representam o maior grupo de desempregados. Em Fevereiro deste ano, o Instituto de Emprego e Formação Profissional registou quase 756 mil pessoas sem emprego, o que representa um aumento de 1% face a janeiro e significa mais 5600 portugueses sem emprego.

DESEMPREGO: ALENTEJO É EXCEÇÃO À SUBIDA

No passado mês de novembro, o número de desempregos inscritos nos centros do IEFP – Instituto de Emprego e Formação Profissional, subiu 3%, em termos homólogos, para os 64.695.

A liderar a subida está o Algarve com um aumento de 9,1% e só o Alentejo não apresenta um aumento de desempregados.

FIRST CHALLENGE DE MECATRÓNICA

Mecatrónica não será das palavras mais usuais, nem das mais fáceis de pronunciar.

É o ramo da engenharia que combina engenharia informática, a electrónica e mecânica. Consiste no estudo e no desenvolvimento de sistemas mecânicos controlados por computador e é usado em todos os processos das indústrias modernas que exigem ferramentas sofisticadas para produzir em tempo real.

Nos dias 16 e 17 de Junho, decorrerá o First Challenge Mecatrónica, uma organização conjunta entre o Centro de Emprego e Formação Profissional de Évora do IEFP, I.P. e a FESTO, líder mundial de equipamentos didáticos na área da mecatrónica.

EMBRAER em Évora vai continuar a contratar

As fábricas da EMBRAER em Évora empregam neste momento cerca de 300 colaboradores e prevêm contratar mais 90, até ao fim do ano, adiantou Paulo Marchioto, presidente da empresa em Portugal e que, em declarações à agência Lusa, sublinhou o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) como o grande formador de técnicos para as fábricas.