Está aqui

Governo Português

ADEUS A UM DOS GRANDES...

Adeus a um dos grandes, direito a “desligar” e Geringonça

Palavra do ano: Geringonça

Tendo sido utilizada pela primeira vez por Paulo Portas, no sentido de caracterizar negativamente o acordo feito à esquerda para governar Portugal, a verdade é que a palavra geringonça “pegou de estaca”, reflexo de um bom desempenho do governo na demonstração de uma política alternativa que está a devolver a confiança aos portugueses, não só a começaram a utilizar de forma positiva como a elegeram palavra do ano.

FALTA DE MÉDICOS NO DISTRITO DE ÉVORA – UM GRAVE PROBLEMA

Os habitantes de Mourão, no distrito de Évora, manifestaram-se no dia 19 de Setembro contra a falta de médicos no centro de Saúde da vila e decidiram fazer circular pelo concelho um abaixo-assinado de protesto.

Os utentes deste concelho do interior do Alentejo queixam-se da falta de médicos neste concelho, da dificuldade em marcar consultas e da constante transferência para os centros de saúde de concelhos vizinhos.

QUE O ANO COMECE

Pela primeira vez, desde há alguns anos, a colocação de professores decorreu sem incidentes e sem inseguranças quanto ao futuro daqueles que concorreram.

Os prazos foram cumpridos e, com este cumprimento, os professores conseguirão preparar o seu ano lectivo com alguma antecedência e segurança, algo que lhes tinha sido roubado nos últimos anos.

"BIG BROTHER IS WATCHING YOU"

Esta foi a expressão que me veio ao pensamento quando conheci uma das mais recentes intenções do Governo: a consulta anual do saldo das contas bancárias de todos os portugueses.

Perdoem utilizar um título em inglês, que em tradução livre será “O Grande Irmão está a observar-te”, mas queria manter-me fiel ao original “1984” de George Orwell, livro que filosofa sobre uma sociedade fictícia em que o controlo se pratica em todos os aspectos da sociedade.

FERROVIA SINES-ÉVORA-CAIA É PARA AVANÇAR

O governo definiu como prioridade de investimento em infra-estruturas as ligações ferroviárias com Espanha e para o efeito está a preparar candidaturas a fundos comunitários para os corredores Leixões-Aveiro-Salamanca e Sines-Évora-Caia.