Está aqui

Fundos Europeus

ALENTEJO JÁ APROVOU 332 MILHÕES DE EUROS DE FUNDOS EUROPEUS

Já estão assumidos 332 milhões de euros de fundos europeus para 1159 candidaturas aprovadas pelo PO Alentejo 2020 e que representam 31% da dotação global do programa de 1083 milhões de euros. Os números são avançados pela CCDR Alentejo.

A área dedicada à competitividade e internacionalização das empresas é a que absorve a maior fatia dos recursos disponíveis, 142 milhões de euros que representam 43% dos compromissos assumidos.

OURIQUE REQUALIFICADA E MAIS INFORMADA

Já foi apresentado – após aprovação do financiamento com recurso a Fundos Comunitários e do visto do Tribunal de Contas para um empréstimo bancário a médio-longo prazo - o projeto de requalificação urbana para o centro histórico da vila de Ourique.  

Dividido em quatro fases, esta intervenção visa a renovação de infra-estruturas de abastecimento de água em baixa, de infra-estruturas de águas residuais, de infra-estruturas eléctricas e de telecomunicações, bem como o arranjo urbanístico do centro da histórica vila alentejana.

GOVERNO COM 35 M/€ PARA RESTRUTURAR A VINHA

São mais de 35 milhões de euros a verba disponível em linha de crédito criada pelo Governo para ajudar na reestruturação da vinha ao abrigo do programa VITIS, co-financiado pela união Europeia.

As candidaturas terminam no final de janeiro e os interessados devem realizar as inscrições on-line, na página do Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas – IFAP.

 

Imagem de i.tlthings.net

HERDADE DO FREIXO: UM NOVO ÍCONE NO ALENTEJO

Quando se pensa numa adega no Alentejo, o imaginário não nos leva diretamente aos vários exemplos de adegas com arquitetura moderna que surgiram nos últimos anos pelo Alentejo.

No entanto, e se pensa que o projeto da Herdade do Freixo é mais um destes exemplares que junta uma arquitetura fantástica com a produção de bom vinhos e azeites está enganado, vai mais além.

Num investimento de cerca de 10 milhões de euros - com recurso a fundos europeus e privados - numa encruzilhada entre Évora, Redondo e Evoramonte, renasce a Herdade do Freixo.

ALENTEJO CENTRAL ESTÁ A DIVULGAR APOIOS A PEQUENOS AGRICULTORES

Os municípios de Viana do Alentejo e de Portel (Évora) integram um conjunto de entidades que estão a organizar sessões de Divulgação e Esclarecimento sobre o programa de apoios a pequenos investimentos na exploração agrícola e pequenos investimentos na transformação e comercialização de produtos agrícolas,  GAL TERRAS DENTRO 2020, que abriu a suas candidaturas a 22 de julho e encerra a 16 de setembro.

Este programa – financiado por Fundos Comunitários da União Europeia - insere-se nos apoios ao Desenvolvimento Local de Base Comunitária.

ÁGUA DO ALQUEVA VAI BAIXAR

Vai ser já na próxima campanha que os agricultores da área de abrangência de rega do Lago Alqueva vão ter a água mais barata.

O anúncio foi feito hoje, no final de uma reunião do Conselho para Acompanhamento do Regadio (CAR) de Alqueva, em Beja, pelo Ministro da Agricultura, Capoulas Santos.

Corrida aos fundos comunitários começou

O tiro de partida para a apresentação de candidaturas aos fundos europeus do Portugal 2020 começou, primeiro para as empresas em geral a 30 de Dezembro e desde ontem para os projectos ligados à agricultura e aos produtos agrícolas.

Tantas promessas…

Portugal juntou-se à União Europeia em 1986. Nessa altura Portugal, país pequenino, à beira mar plantado, pobre, mas com enorme potencial, foi abastado de fundos comunitários para que o “progresso” pudesse impulsionar-nos para um futuro risonho.