Está aqui

Festival Terras sem Sombra

COMISSÃO EUROPEIA DISTINGUE FESTIVAL NO ALENTEJO

O Festival “Terras sem Sombra” foi distinguido pela Comissão Europeia com o selo EFFE - Europe Festivals – Festivals de l’Europe para os melhores festivais em 2017-2018.

A distinção feita pela EFA - European Festivals Association distingue os festivais que se destacam na União Europeia pela excelência da programação, pelo carácter inovador e pela criação de novos públicos.

SERPA APRESENTA PROGRAMAÇÃO DO FESTIVAL TERRAS SEM SOMBRA

O Festival Terras Sem Sombra, que este ano abrange 7 concelhos alentejanos, vai para a sua 13.ª edição e já foi considerado um dos cinco melhores festivais da europa no seu género. A apresentação do programa do festival é FEITA esta semana em Serpa e, segundo a organização, continua como "projeto inovador que associa a música erudita ao património cultural e natural, que dá um estímulo significativo para ajudar o território a 'não desistir'".

SINES: MINISTRO DA CULTURA ENTREGA PRÉMIO “TERRAS SEM SOMBRA”

A entrega do prémio internacional «Terras sem Sombra» vai decorrer este sábado, em Sines, no auditório do centro de artes da localidade, às 18h30, presidida pelo ministro da Cultura, Luis Filipe de Castro Mendes.

BEJA ENCERRA O FESTIVAL TERRAS SEM SOMBRA

A Catedral de Beja recebe o concerto de encerramento do Festival Terras sem Sombra 2016, com o ensemble vocal e instrumental de música antiga ‘La Grande Chapelle’, dirigido pelo maestro Albert Recasens, no próximo sábado, dia 18 de junho, a partir das 21h30.

SERPA RECEBE A 1ª ORQUESTRA DO BAIXO ALENTEJO

Depois de Odemira, é a vez de Serpa receber o Festival “Terras sem Sombra” (FTSS), com uma ópera infanto-juvenil que tem uma mensagem ecológica, a Amazónia como pano de fundo, e os problemas que afetam a natureza sem fronteiras. Onheama, a ópera em três atos de João Guilherme Ripper, sobe à cena no Teatro Municipal, em Serpa, a 21 e 22 de Maio, às 21h30 e 16h00, respectivamente, com entrada livre. Sendo a primeira ópera produzida e construída no Baixo Alentejo

RITMOS DO BRASIL NO ALENTEJO

A matriz de Odemira abre as portas ao Brasil, como país convidado do Festival “Terras sem Sombra” (FTSS) de 2016, e vai muito além do samba. Contando desde logo com a presença do quarteto de guitarras, Quaternaglia Guitar Quartet, de São Paulo, no próximo dia 7 de maio, pelas 21h30. O grupo liderado pelo maestro Sidney Molina é um dos mais importantes agrupamentos de violões (guitarras) da atualidade.

FESTIVAL TERRAS SEM SOMBRA DISTINGUIDO NOS «GREEN PROJECT AWARDS» 2015

O Festival Terras sem Sombra de Música Sacra do Alentejo - um projeto do Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja que tem sublinhado a importância da biodiversidade – foi distinguido com uma Menção Honrosa na 8.ª edição dos ‘Green Project Awards’ Portugal - têm por objetivo mobilizar a sociedade para o desenvolvimento sustentável.

A distinção foi entregue em cerimónia realizada na Culturgest, em Lisboa, no dia 7.