Está aqui

Exposição

ESCULTOR ROBERT SCHAD CHEGA AO ALENTEJO

Estremoz, Evoramonte e Veiros são os municípios alentejanos que vão receber a exposição temporária “Percurso Lusitano”, da autoria do escultor alemão Robert Schad.

Até final de 2017, várias peças de aço com grandes dimensões vão estar expostas nas ruas destas localidades: em Evoramonte junto à Torre/Paço Ducal de, Em Veiros perto do Castelo e no Largo Dom Dinis, e em Estremoz no Baluarte e no Rossio Marquês de Pombal.

A exposição é constituída por grandes peças de aço oxidado e que permitem novos pontos de vista sobre os locais em que se encontram.

PARIS CELEBRA A DEMOCRACIA COM MARCA DE CAMPO MAIOR

De Campo Maior até à capital francesa, Paris, foi o caminho que as tradicionais flores de papel campomaiorenses fizeram.
 
A intenção foi a de ser parte integrante da exposição “Revolução e Democracia: recordar os Cravos”, patente no Espace Cardin do Théâtre de la Ville, em Paris, até 24 de maio.
 

SOPA DE ARTISTAS COM EXPOSIÇÃO COLECTIVA EM ODEMIRA

A Sopa de Artistas – Associação Local de Artistas Plásticos, com o apoio do Município de Odemira, vai celebrar o 25 de Abril com uma Exposição Coletiva de Artes Plásticas, patente ao público na Igreja da Misericórdia, em Odemira, até 6 de maio.

VIANA DO ALENTEJO MOSTRA OS ROSTOS DA REVOLUÇÃO

Já pode ser visitada, no Cineteatro Vianense, a exposição “Rostos da Revolução”.

Esta exposição integra o programa das comemorações 43 anos do 25 de abril e foi cedida pela Fundação Mário Soares.

“Rostos da Revolução” é uma exposição que celebra os 40 anos do 25 de Abril de 1974 com recurso à sátira e à fotografia, juntando os cartoons de António e a fotografia de Carlos Gil, dois nomes que viveram intensamente a revolução.

DA HOLANDA PARA ESTREMOZ

São dez os desenhos da artista holandesa Jacobien De Rooij que estão expostos no Palácio dos Marqueses da Praia e Monforte, em Estremoz.

Até 21 de maio, sob o nome “De Longe e de Perto”, esta exposição vai poder ser visitada; é promovida pela Câmara de Estremoz e pela Fundação OBRAS, uma conhecida promotora de residências destinadas a artistas profissionais.

UM MICRO MUNDO EM EXPOSIÇÃO MACRO

Em Odemira, na Biblioteca Municipal José Saramago, vai estar patente ao público, de 18 de março a 13 de abril, a exposição de fotografia “Mundo Macro”, de José Pacheco, um fotógrafo de natureza.

“Mundo Macro” junta as duas paixões do autor – fotografia e natureza – e pretende mostrar o mundo em miniatura que nos rodeia.

ALENTEJO INSPIRA EXPOSIÇÃO EM LEILOEIRA PARISIENSE

O pintor português Armando Alves tem patente uma exposição na Leiloeira Fauve Paris, em França.

São 14 as obras em exposição – realizadas de 1995 a 2016 – e que têm o Alentejo como inspiração, como revelou à LUSA o artista que é um confesso fã da terra alentejana, da sua "linha do horizonte e o céu imenso”, do "o compartimento das terras", das " várias cores que têm a ver com as estações do ano e as horas do dia" e do "barulho dos pássaros".

JOVENS ESCULTORES “DESENCONTRADOS” EM ALJUSTREL

Alunos de mestrado da Faculdade de Belas Artes de Lisboa estão – desde dia 10 – “desencontrados” no Espaço Oficinas, em Aljustrel.

Trata-se da exposição coletiva de escultura "Desencontrados", e que estará patente na localidade alentejana até 15 de abril.

Em exposição estão os trabalhos de Andreia Café, Paulo Dias, Jéssica Burrinha, Catarina Mendes, Liliana Alcaria e Paulo Dias, e que construíram as suas peças obras com os mais variados materiais.

SECRETÁRIO DE ESTADO VEM APRESENTAR PLANO PARA O AMBIENTE

O Secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, vai estar presente no próximo dia 13 de Março, pelas 17.30 horas, nas instalações da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo, para a apresentação do Plano Regional de Fiscalização Ambiental - Alentejo 2017.

OBRA DE ZECA AFONSO EXPOSTA EM ÉVORA

O Núcleo de Évora da Associação José Afonso é o grande responsável pela exposição em Évora da obra discográfica de Zeca Afonso, contando com a colaboração da Câmara Municipal e do INATEL.

“Desta Canção que Apeteço” é o nome da exposição que foi inaugurada esta sexta-feira, dia 3 de fevereiro, na Galeria do INATEL, em Évora, e que está inserida nas comemorações que nacionais que assinalam os 30 anos da morte de José Afonso e da criação da AJA.

Pode ser visitada de terça a sexta, das 10h às 20h; e sábado e domingos da 11h às 20h.

 

Imagem de entrelineas.org

Páginas