Está aqui

Direitos Humanos

A ESTRANHA VIDA DE SER VOLUNTÁRIO...

De mochila às costas, cabelo emaranhado e rosto cansado… Mais um voluntário segue no trilho da sua próxima batalha! Por vezes não sabem com o que se irão deparar, mas quando o telefone toca e os chamam para ajudar a resolver mais uma situação, eles vão. Partem coração cheio, braços abertos e mente receptiva e sempre com um sorriso pronto para distribuir pelo mundo!

DIA MUNDIAL DA LIBERDADE

A 23 de janeiro celebra-se o Dia Mundial da Liberdade (apesar de Portugal ter também o 25 de abril).

Na Declaração Universal dos Direitos Humanos, a liberdade vem expressa logo no seu Artigo 1.º: “Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos. Dotados de razão e de consciência, devem agir uns para com os outros em espírito de fraternidade.”

FORTALECER OS DIREITOS HUMANOS, O DESAFIO DO SÉCULO

"Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos. Dotados de razão e de consciência, devem agir uns para com os outros em espírito de fraternidade". Artigo 1º da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

JORNADAS DE REFLEXÃO

No próximo dia 29 de maio irão ter lugar em S. Teotónio as “Jornadas de Reflexão Sobre a Realidade da Imigração em Odemira”, que visa como o próprio nome indica debater a Imigração no Concelho. Em cima da mesa estarão temas como o impacto da crise económica no fenómeno, o plano municipal para integração de imigrantes e as perspetivas para o futuro.

O colóquio decorrerá no Auditório da Caixa de Crédito Agrícola, a partir das 9:30h, e contará com a apresentação do Odemira Integra - Plano Municipal para a Integração dos Imigrantes e do projeto Capacitando.

O projeto “Odemira Integra” pretende melhorar e aumentar as medidas de apoio, acolhimento e integração de imigrantes, e criar o Plano Municipal para a Integração dos Imigrantes, assente numa participação ativa de toda a comunidade.

No concelho de Odemira residem 47% dos imigrantes registados no Distrito de Beja. Destes, 16,6% são originários de países terceiros (países que não pertencem à União Europeia), sendo que 12% da população residente em Odemira são cidadãos estrangeiros.

A mesa de abertura contará com a participação de Telma Guerreiro (Presidente da TAIPA – Organização Cooperativa para o Desenvolvimento Integrado do Concelho de Odemira), Paula Moura (Coordenadora do Gabinete de Apoio às Políticas Sociais do Alto Comissariado para as Migrações), Helena Barreto (Diretora do Centro Distrital da Segurança Social) e José Alberto Guerreiro (Presidente da Câmara Municipal de Odemira).