Está aqui

Design

JOVENS TALENTOS CRIAM NOVO DESIGN PARA MÁQUINA DELTA

O desafio foi lançado pelo Grupo Nabeiro através do concurso “Nariz de Cavalo”. O objetivo era que jovens talentos dessem asas à criatividade e imaginação e criassem um design inovador, original e funcional para as novas máquinas de café – para bares e restauração, canal Horeca - do grupo empresarial alentejano.

Os projetos foram avaliados por um júri constituído pela administração do Grupo Nabeiro – Delta Cafés, por Ricardo Pinheiro, presidente da Câmara Municipal de Campo Maior, e engenheiro eletrotécnico, pelo designer Miguel Neiva e pela Associação Nacional de Designers.

YEBORATH É MADE IN ALENTEJO

Chama-se José Martins, tem 30 anos, é Técnico de Secretariado e encontrava-se desempregado quando decidiu agarrar a oportunidade de dar um novo rumo à Yeborath, um espaço localizado em Évora, que se dedica ao Design, Publicidade e Brindes Personalizáveis. Fique a conhecer este projeto e a sua potencialidade em https://www.facebook.com/Yeborath

RAQUEL PINA: O ALENTEJO FAZ PARTE DE MIM

Raquel Pina é natural de Beja mas reside em Lisboa desde que escolheu a Faculdade de Belas Artes para estudar Design de Comunicação. Criou uma marca própria, registada, a Raquel Pina Design & Illustration, com uma linha gráfica muito pessoal, em que desenvolve ilustrações personalizadas com o objetivo de as aplicar em objetos de uso quotidiano como marcadores de livros, sacos de ginásio, crachás, entre outros.

KATARINA GÓIS - SUCESSO EM NOVA IORQUE

Uma designer residente em Brooklyn, Nova Iorque (Estados Unidos) tem sido um sucesso em sites e revistas de marketing ao lançar-se no desafio de realizar, em 100 dias, 100 desenhos de embalagens novas para marcas já existentes, tornando-as mais modernas e atrativas e até funcionais.

Conheça o Nut Hammer o quebra-nozes que lhe quer "tocar a alma"

“O meu tio tinha um quebra-nozes espectacular” diz Roger Arquer. “Era uma taça de madeira com uma ilha saliente no meio, onde a noz era colocada. Um pequeno martelo de madeira era utilizado para acertar na noz. Adorei a performance e teatralidade do mesmo”

Repensar a régua

Segundo consta, no final século XIX, o director do serviço de patentes dos EUA, Charles H. Duiel recomendou encerrar o serviço porque "já tinha sido inventado tudo o que havia a inventar", uma frase cada vez mais contestada e tida como apócrifa. Contudo tenha-o ou não dito, o certo é que a criatividade humana não pára de mostrar que esta frase está muito longe da verdade. E as invenções não surgem só nas novas tecnologias, mas também em objectos do quotidiano que muitos de nós pensam já não ser possível melhorar.