Está aqui

Cante Alentejano

ESCOLA DE CANTE ALENTEJANO VAI NASCER EM PARIS

Carlos Balbino, ator e encenador português a residir em Paris há 5 anos e que criou recentemente o grupo de cante Rancho de Cantadores de Paris, prepara-se para lançar uma escola de cante alentejano em Paris, como avança hoje o Redator.

Para além de se tratar da primeira escola de cante no estrangeiro, o promotor defende que a escola vai ter alunos de diferentes nacionalidades, para além dos portugueses.

NINGUÉM PODE SER DEIXADO PARA TRÁS

Há poucos dias foi promovida uma iniciativa na Assembleia da República pela Plataforma Portuguesa das ONGD.

Este seminário teve como objetivo dar a conhecer as principais recomendações recolhidas no Processo de Consulta Pública à Sociedade Civil.

Ao estarmos perante uma iniciativa de cidadania (de baixo para cima) torna-a mais relevante e mais objetiva. Enriquece ainda mais o debate.

Muitos contributos da sociedade civil dão força à discussão. As pessoas querem ser ouvidas. As pessoas têm que ser ouvidas.

CANTE ALENTEJANO TEM GRUPO EM PARIS

A distinção do Cante Alentejano como Património Imaterial da Humanidade da UNESCO, em 2014, trouxe um relevância e popularidade crescente.

Evidência disso foi o surgimento na capital francesa, Paris, de um grupo de Cante Alentejano, com pessoas de várias nacionalidades, os "Cantadores de Paris" fruto de uma criação para uma peça de teatro.

O HOLANDÊS CANTADOR DE CANTE ALENTEJANO

Chama-se Jos Van Kesteren e a sua origem e percurso profissional colocavam-no muito distante da cultura alentejana até que um dos seus filhos se casou com uma alentejana. Professor universitário de Hamburgo, doutorado em economia, hoje corre o país a cantar com o Grupo Coral Cantadores do Desassossego de Beja sempre que está em pausa letiva da Universidade na Holanda.

Ficámos a conhecê-lo numa peça assinada por Carlos Dias para o jornal o Público.

AS CEIFEIRAS DE PIAS EM CD

Sucedem-se os grupos de Cante Alentejano que começam a editar os CDs fruto do aumento de popularidade do Cante Alentejano após a inscrição pela UNESCO do Cante Alentejano na Lista Representativa do Património Cultural Imaterial.

Foi precisamente este o mote para o Grupo Coral Feminino “As Ceifeiras de Pias” que lançou o seu CD nas comemorações dos dois anos de nomeação.

VIANA CANTOU E HOMENAGEOU O CANTE QUE AGORA É DA HUMANIDADE

Foram nove os grupos corais do concelho de Viana do Alentejo que participaram no passado dia 10 de dezembro, num espetáculo de homenagem ao cante alentejano, declarado património da humanidade há dois anos pela UNESCO.

UM DOS RANCHOS MAIS ANTIGOS DO ALENTEJO EDITA 1º ÁLBUM

Trata-se do rancho dos Cantadores de Aldeia Nova de São Bento, um dos grupos de Cante Alentejano em atividade mais antigos do Alentejo e que só agora, em jeito de celebração dos 2 anos de Cante Alentejano como Património Mundial, editaram o seu primeiro álbum.

O Rancho dos Cantadores de Aldeia Nova de São Bento tem procurado, desde há 30 anos, manter vivas as modas tradicionais alentejanas e que chegaram aos nossos dias pela vertente oral.

2 ANOS DO CANTE COMO PATRIMÓNIO DA HUMANIDADE ASSINALADOS EM CUBA

Será com o XIX Encontro anual da Associação do Cante Alentejano e com a inauguração da nova sede da Associação do Cante Alentejano – MODA que Cuba vai assinalar a data que marca a distinção do Cante Alentejano como património Mundial da UNESCO.

A inauguração acontecerá dia 26, pelas 12:30h, em Cuba.

Durante a manhã, no Centro Cultural de Cuba, acontecerá o XIX Encontro anual e que conta com um debate em torno do tema “o cancioneiro tradicional alentejano” –

com intervenções dos elementos da direção da MODA, do Prof. José Rodrigues dos

O ALENTEJO É O CENTRO DO MEU UNIVERSO

Considerado como uma abordagem contemporânea ao Cante Alentejano, numa fómula musical que junta a composição tradicional com os novos sons da World Music, o projeto musical Monda concentra quase toda a sua energia e expectativa. Nascido no Alentejo assim como todos os músicos envolvidos e que são mais dois, com Pedro Zagalo e o Herlander Medinas, lançou recentemente o primeiro álbum deste novo projecto, que conta com as participações especiais de Katia Guerreiro, Rui Veloso, Tiago Oliveira e do Grupo de Cantadores de Portel.

CANTE ALENTEJANO VAI TER UMA MOEDA

O Banco de Portugal vai pôr em circulação, no dia 8 de Junho, uma moeda dedicada ao Cante Alentejano. Esta moeda de coleção, em cuproníquel, vale 2,5 euros e serve para assinalar o reconhecimento do Cante Alentejano como Património Imaterial da Humanidade.

Páginas