Está aqui

Assembleia da República

PROFETAS DA DESGRAÇA

Estranha forma de fazer política.

Enquanto todos os estudos revelam um claro aumento da confiança no Governo, Passos Coelho e os seus seguidores no PSD mantêm o discurso da hecatombe. Com enorme esforço e duvidosa imaginação vão-se dedicando a profetizar toda a espécie de catástrofes.

Felizmente para os portugueses, não há meio de acertarem uma.

A vida não está fácil para os profetas da desgraça.

PELA MÃO DO PSD: AR APROVA 2 PROJETOS PARA O ALENTEJO

Criação dos circuitos hidráulicos de Reguengos de Monsaraz e de Viana do Alentejo

 

Na última sexta feira foram aprovados na Assembleia da República dois Projetos de Resolução, que tinham sido apresentados por minha iniciativa.

Um dos projetos (PJR 400/XIII/2a (PSD)) recomenda ao Governo que adote as medidas que permitam a criação do Circuito Hidráulico de Reguengos de Monsaraz (ligação à Albufeira de Alqueva).

DA INCONGRUÊNCIA

Esta semana, veio o deputado João Almeida solicitar a demissão do Ministro das Finanças por, alegadamente, ter omitido documentos à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos sem nunca, no entanto, identificar quais seriam os documentos em causa que justifiquem o pedido de demissão de um Ministro.

Desde cedo que João Almeida nos tem brindado com intervenções polémicas e desrespeito a deputados de outras bancadas da esquerda à direita.

BEJA: PCP DEFENDE SALÁRIO MÍNIMO DE 600 EUROS JÁ EM JANEIRO

O PCP de Beja prepara-se para um dia de contactos com trabalhadores das autarquias, superfícies comerciais, na Rodoviária do Alentejo e no Centro de Contacto da PT para defender a subida do salário mínimo nacional para os 600 euros já em janeiro. Em comunicado enviado a esta redacção o PCP adianta que levará amanhã, dia 16 de dezembro, à Assembleia da República uma proposta de aumento extraordinário do salário mínimo nacional para 600 euros, já no próximo mês de janeiro.

DE CABEÇA PERDIDA

Esta semana, durante o debate do Orçamento de Estado na generalidade, a Deputada do PSD Berta Cabral, em resposta à intervenção do Secretário-Geral da Juventude Socialista, João Torres, afirmou que a Juventude estava de cabeça perdida, tendo obrigado um Deputado da sua bancada parlamentar a intervir para tentar apagar o que tinha sido dito.

Isto depois de, na véspera, o Deputado do CDS, João Almeida ter chamado “idiotas úteis” aos apoiantes do Governo actualmente em funções, tendo reiterado por diversas vezes tal expressão.

UM ORÇAMENTO DE ESQUERDA

Em fase de apresentação e discussão do Orçamento de Estado para 2017 e após a análise das medidas que estão disponibilizadas publicamente em site criado para o efeito, a primeira conclusão só pode ser uma: estamos perante um verdadeiro orçamento de esquerda.

Um Orçamento virado para as políticas sociais e para a reposição de direitos que ao longo dos últimos anos têm vindo a ser retirados aos portugueses.

HOJE APETECE-ME BRINCAR...

Hoje apetece-me brincar… afinal de contas, às vezes parece que somos nós os brinquedos dos nossos políticos!

Brincadeira em dois actos… (datados de 31 de março)

(Violo propositadamente o acordo ortográfico na palavra “actos”, pois apesar de ser utilizador do novo acordo, custa-me ver escrito “atos” e “atas”, sem ser para os atacadores dos sapatos… de resto, aplicarei, como de costume, o novo acordo. Se estou a ser incoerente? Ya… às vezes faz bem!).

 

Acto I

"ESTAMOS PERANTE UM CENÁRIO INENARRÁVEL"

Tem 47 anos, já foi empresário, técnico superior e especialista ligado aos fundos comunitários, formador, professor e desempenhou inúmeros cargos políticos. Hoje é deputado na Assembleia da República, eleito pelo PSD (PàF), depois de um período considerável na gestão do último quadro comunitário e à frente do Alentejo 2020, ao atual Programa Operacional do Alentejo. Dele dizem os amigos e colegas de trabalho que é afável, focado e mobilizador. Falamos de António Costa da Silva, com quem estivemos à conversa.

 

QUEM DIRIA?

Ao contrário do que tradicionalmente acontece quando se perdem eleições de forma pesada (porque o objectivo do PS era uma vitória com maioria absoluta), em que o líder do partido derrotado se demite de funções e coloca o lugar à disposição, neste quadro eleitoral assistiu-se a uma verdadeira reviravolta no desenrolar dos acontecimentos.

DISTRITOS ALENTEJANOS MANTÊM DEPUTADOS

Foram atualizados esta semana os números de eleitores e existem em Portugal 9.682.823 eleitores: 9.440.297 em território nacional, 78.253 na Europa e 164.273 no resto do mundo.

Esta atualização manteve inalterada a distribuição do número de deputados nos distritos alentejanos – Évora e Beja 3 deputados e Portalegre 2 – no entanto, resultou na perda de um deputado no círculo eleitoral de Santarém, enquanto Setúbal ganha mais um – fica agora com 18.

Páginas