Está aqui

ambiente

OURIKA! O NOVO PARADIGMA DA ENERGIA SOLAR ESTÁ NO ALENTEJO

Vai ser a primeira grande central solar da Europa a produzir energia sem tarifas garantidas ou outros subsídios estatais e está no Alentejo.

Ourique – por ser a melhor localização da Europa para instalação de uma central solar fotovoltaica em regime de mercado, por ter a máxima irradiação solar na Europa continental e pela proximidade à RNT - Rede Nacional de Transporte de Eletricidade – foi o local escolhido para a localização da Ourika.

UM REGRESSO ÀS AULAS AMIGO DO AMBIENTE

O regresso às aulas está à porta e é hora de novos materiais e livros começarem a tomar o seu espaço no quotidiano de milhares de alunos. Este regresso às aulas pode e deve ser mais ecológico e amigo do ambiente, sobretudo no que concerne ao que fazer com o material velho e utilizado.

A Sociedade Ponto Verde dá algumas dicas fáceis de seguir e que podem fazer toda a diferença.

 

Reciclar o material escolar

SERÁ O NORTE ALENTEJANO SUSTENTÁVEL?

Esta é a pergunta central que dá origem às Jornadas para o Desenvolvimento Rural do Norte Alentejano - inseridas na Feira Agrícola - e que se realizarão em Portalegre, a 15 e 16 de setembro.

A organização está a cargo da AGRICERT, em colaboração com a Escola Superior Agrária de Elvas, a Associação dos Criadores de Bovinos da Raça Alentejana e a Associação dos Agricultores do Distrito de Portalegre.

ENSINO SUPERIOR ALENTEJANO INVESTE NA POUPANÇA ENERGÉTICA

A Universidade de Évora vai investir cerca de 240 mil euros no projeto U-BIKE UEvora.

O projeto U-Bike - coordenado pelo IMT - Instituto da Mobilidade e dos Transportes, I.P. – tem por base disponibilizar às comunidades académicas de Instituições de Ensino Superior públicas, bicicletas elétricas e convencionais, de modo a incentivar a adoção de hábitos de mobilidade mais sustentáveis.

ALENTEJO: SECA PREOCUPA E VAI PIORAR

Ainda não entramos em agosto e o Alentejo já verifica vários problemas no abastecimento de água às populações e na agricultura, tendo inclusive levado à transferência de peixes de umas albufeiras para outras.

A área em seca considerada extrema aumentou no interior do Alentejo – a nível nacional 78% do território, no fim deste mês, está em seca severa e extrema – de acordo com o IPMA - Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

ÉVORA GANHA LABORATÓRIO VIVO PARA A DESCARBONIZAÇÃO

Évora foi uma das cidades nacionais escolhidas pelo Governo Português para receber um Laboratório Vivo para a Descarbonização.

De 35 cidades que apresentaram uma candidatura ao Fundo Ambiental foram escolhidas 12 e Évora está entre as selecionadas para este projeto que pretende tornar as cidades mais inovadoras, sustentáveis e inclusivas, e que estes fatores tenham reflexo na qualidade de vida dos cidadãos. Estes objetivos serão conseguidos através da tecnologia e promovendo um aumento da eficácia e redução do consumo de energia.

 

Imagem de ruralea.com

UM CONCELHO ALENTEJANO NA VANGUARDA DA RECICLAGEM

O concelho alentejano de Alvito foi escolhido para ser piloto num projeto que pretende a recolha seletiva de resíduos porta a porta.

Pretende-se com este método que uma maior percentagem de materiais possa ser reciclada e que todos se sintam mais responsabilizados pela proteção e cuidado do meio ambiente.

O projeto é financiado pelo POSEUR 2020 e está em aberto a aquisição de uma viatura para a recolha de resíduos. Ao dispor dos munícipes estarão os equipamentos necessários para a correta deposição dos resíduos e posterior recolha.

LITORAL ALENTEJANO É PILOTO EM PROJETO EUROPEU

Trata-se do projeto WETNET – Gestão coordenada e networking das zonas húmidas do Mediterrâneo e que escolheu a Lagoa de Melides, no Litoral Alentejano como área piloto para integrar em Portugal.

O projeto - aprovado e financiando no âmbito do Programa INTERREG (MED) – engloba 10 parceiros de 6 Estados Membros - Itália, Portugal, Espanha, França, Malta e Eslovénia.

O projeto, em Portugal, envolve a RCDI - Rede de Competências para o Desenvolvimento e a Inovação, em colaboração com a Câmara Municipal de Grândola.

PASSEIOS DE BARCO ENTRE VILA NOVA DE MILFONTES E ODEMIRA

Com início no Cais da Fateixa, em Vila Nova de Milfontes, e rumo a Odemira, durante o verão, vai poder passear pelo rio Mira, um dos rios menos poluídos da Europa, em pleno Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina.

A iniciativa cabe ao Município de Odemira que vê no rio Mira mais um fator de desenvolvimento turístico da região, permitindo estes passeios dar a conhecer a riqueza paisagística e os recursos naturais únicos do concelho alentejano.

AS CASTAS E A SUSTENTABILIDADE DA VITICULTURA

“A importância das castas para a sustentabilidade económica da vinha” será o tema no qual se foca o 3º Workshop - Viticultura Sustentável.

O workshop decorrerá a 30 de junho, no Convento de São Domingos, em Montemor-o-Novo, e o coordenador do projeto Europeu VINOVERT, estará presente para fazer uma apresentação deste projeto.

A participação é gratuita, mas sujeita a inscrição aqui .

 

Imagem de calendarios.info

Páginas