Está aqui

Alentejo Central

BENCATEL, A ALDEIA ALENTEJANA QUE ESTEVE 11 DIAS SEM ÁGUA

Parece irónico que uma freguesia cuja riqueza de outros tempo estava nos seus lençóis de água e numa lagoa cujas águas formavam uma ribeira que ia desaguar no rio Lucifecit e que chegou a alimentar 19 azenhas para moer farinha, e em que todos os quintais e hortejos eram férteis em hortaliças e fruta, tenha ficado repentinamente sem "uma pinga de água" nas torneiras, durante 11 dias e obrigada a "uma corrida" à água engarrafada.

ALENTEJO GANHA 9 POSTOS DE EMERGÊNCIA MÉDICA E NOVAS AMBULÂNCIAS

Viana do Alentejo e Mourão, no Alentejo Central, Crato, Marvão, Castelo de Vide e Arronches no Alto Alentejo e Cuba, Alvito e Barrancos estão a assinar protocolos com o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e com os Bombeiros de cada concelho, para a instalação de 9 Postos de Emergência Médica (PEM) e novas ambulâncias de socorro, tripuladas por elementos formados em técnicas de emrgência.

PORTEL COM EQUIPA DE INTERVENÇÃO PERMANENTE

O Secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, preside, amanhã, dia 25, à Cerimónia de Assinatura do Protocolo de constituição da Equipa de Intervenção Permanente (EIP) entre a Câmara Municipal de Portel, a Autoridade Nacional de Proteção Civil e a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Portel. José Manuel Grilo, presidente do município, defende que a existência de uma EIP no concelho, dá garantias adiccionais às populações e aumenta a capacidade do concelho em responder a situações de emergência.

ALQUEVA GANHA MAIS UMA PRAIA

A maior praia certificada do lago de Alqueva vai ser inaugurada na próxima semana (17 de julho) e conta com cerca de 320 metros de areal, 100 deles com vigia. A nova praia, em Mourão, no Alentejo Central, tem uma piscina flutuante para crianças com zona de solário e com balaustrada de segurança, 45 chapéus de sol, uma plataforma flutuante com torre de saltos, escada para banhistas e escorrega. 

MORA ORGANIZA PIQUENIQUE PARA MAIS DE 4 MIL PESSOAS

São mais de 4.000 as pessoas esperadas este domingo, 28 de Maio, na Mata Nacional de Cabeção, em Mora, no Alentejo Central, para participar no 22º Piquenicão Nacional, um evento que é promovido pela Confederação Nacional de Reformados, Pensionistas e Idosos (MURPI) e que tem o apoio do município local.

BORBA QUER AUMENTAR EXPORTAÇÃO DE VINHO

A Sovibor, Sociedade dos Vinhos de Borba, no Alentejo Central, que celebra em 2018 os seus cinquenta anos, quer reposicionar os seus vinhos e terminar o ano com uma taxa de exportação superior a 20% das suas vendas, como adiantou ontem ao Dinheiro Vivo, Luís Sequeira, diretor da empresa.

Com uma faturação de cerca de 15, milhões de euros, a empresa pretende duplicar este valor até 2021, concluídos que estão investimentos de mais de meio milhão de euros, no melhoramento das suas infraestruturas e numa nova linha de engarrafamento, agora completamente automatizada.

REGUENGOS DE MONSARAZ ALERTA PARA MAUS TRATOS CONTRA CRIANÇAS

Abril é o Mês Internacional de Prevenção dos Maus-tratos Infantis. Para assinalar o evento a Câmara Municipal, a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Reguengos de Monsaraz, as juntas de freguesia do concelho e o  Agrupamento de Escolas de Reguengos de Monsaraz colocaram laços azuis nas paredes, à imagem do que fez um avó americana,  Bonnie W. Finney, quando em 1989 atou uma fita azul à antena do seu carro para fazer com que as pessoas se questionassem.

BOLO E CHAMPANHE PARA TODOS NO FLUVIÁRIO DE MORA

O maior e mais completo fluviário do país, reconhecido por toda a Europa, está em Mora, no Alentejo Central, e faz amanhã 10 anos de existência. 10 anos depois e mais de 800 mil visitantes, o Fluviário de Mora marca hoje a vida de um concelho com menos de 5 mil habitantes e o impacto na economia local tem beneficiado restauração e serviços locais em geral.

Para celebrar a data o Fluviário de Mora vai oferecer bolo de aniversário e champanhe para todos os visitantes no próximo sábado, dia 25 de março.

RUA E PRÉDIO MAIS FLORIDOS EM VILA VIÇOSA VALEM DINHEIRO

​Durante séculos, o nome de Vila Viçosa foi vinculado aos jardins, aos pomares, aos vergéis e às flores que assomavam pelos muros das casas do aglomerado urbano. É justamente esta imagem florida da bela Callipole que se deve preservar e recuperar, enquanto instrumento fundamental da compreensão e do reforço da preservação da identidade cultural do município, como defende a autarquia.

PEIXE DO RIO É REI NO ALANDROAL

Desde os primórdios dos tempos que o homem manteve uma forte ligação com o grande rio do sul, o Guadiana e os seus afluentes. Os percursos de água foram um forte vinculo para a fixação e subsistência dos primeiros povos autóctones, a maioria dos sítios arqueológicos do concelho do Alandroal assim o indicam, pois localizam-se nas suas imediações. É assim que se abre a apresentação de uma das mais interessantes mostras gastronómicas do Alentejo.

Páginas