Está aqui

Alentejo 2020

VELHO SALÃO CENTRAL EM ÉVORA VAI SER DEDICADO ÀS ARTES

O velho e degradado Salão Central em Évora conta com 2,5 milhões de euros para recuperar a glória de outrora ao ser transformado num espaço polivalente, dedicado às artes, com sala de ensaios e sala de espectáculos.

O projecto de reabilitação vai ser levado à próxima reunião de Câmara, a candidatura a fundos comunitários é apresentada em maio e integra o Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano de Évora, já assinado com o programa operacional Alentejo 2020.

Segundo a autarquia o projeto conta com um miradouro e cafetaria no terraço e vai ter elevador.

ALJUSTREL VAI TER CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO

Uma obra orçamentada quase 1,2 milhões de euros vai permitir a Aljustrel ter um novo Centro de Documentação Local, anunciou o autarca local Nelson Brito.

O projeto – co-financiado a 70% por Fundos Comunitários ao abrigo do programa Alentejo 2020 – foi aprovado e insere-se no âmbito do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU).

É PRECISO DESCARAMENTO

É preciso descaramento ou a arte de atirar areia para os olhos.

Na passada sexta-feira foram votadas na Assembleia da República propostas de resolução apresentadas pelo PSD sobre os circuitos hidráulicos de Reguengos de Monsaraz e de Viana do Alentejo.

São propostas feridas de grande oportunismo político.

Recomendam ao Governo que adote medidas que permitam a criação dos referidos circuitos hidráulicos.

ALUNOS DA ESCOLA BÁSICA DO ALANDROAL SEM PAVILHÃO

Alunos da Escola Básica Diogo Lopes Sequeira do Alandroal sem Pavilhão Gimnodesportivo.

Existe um conjunto de necessidades de intervenção em Escolas do distrito de Évora que tardam em ser concretizadas.

A nova programação de fundos comunitários prevê o financiamento dessas Escolas. Na realidade, não se percebem quais as razões que levam a esta falta de concretização por parte do Governo.

Um dos exemplos é o da Escola Básica Diogo Lopes Sequeira do Alandroal, que foi construída em 2009, sem que tenha sido concluída na totalidade.

ALJUSTREL AFIRMA-SE COMO PÓLO TURÍSTICO

O projeto "Promoção Turística do Concelho de Aljustrel" foi um dos 35 aprovados pelo Alentejo 2020 e consiste na promoção do território enquanto pólo turístico, particularmente ligado ao património industrial legado pela indústria em feiras nacionais e internacionais, a publicidade ao território, a edição de materiais promocionais, a produção de mapas, folhetos, roteiros, brochuras, merchandising e painéis informativos.

CAMPO MAIOR INVESTE 5 MILHÕES NA SUA FORTIFICAÇÃO HISTÓRICA

Ontem foi dia de assinaturas em Campo Maior. O evento marcou o arranque dos 35 projectos candidatos a fundos comunitários aprovados na região alentejo e que representam cerca de 35 milhões de euros, com as assinaturas dos termos de aceitação dos projectos.
 

1,1 MILHÕES PARA REQUALIFICAR CENTRO HISTÓRICO DE ALCÁÇOVAS

O Município de Viana do Alentejo viu aprovada a candidatura a fundos comunitários, de 1,1 milhões de euros, para a requalificação do centro histórico de Alcáçovas, a antiga vila e sede de concelho, fundada em 1257.

MURALHAS MEDIEVAIS DE MONSARAZ REQUALIFICADAS

Foi com uma candidatura ao programa operacional Alentejo 2020 que se tornou possível a requalificação de uma parte das muralhas de Monsaraz e para a reabilitação do Caminho da Barbacã. O investimento a realizar será de 1,36 milhões de euros, comparticipado a 75 por cento pelo FEDER.

Este investimento vai permitir finalizar a recuperação estrutural das muralhas da vila medieval e criar um percurso pedestre no interior e no exterior do castelo, junto à Barbacã, com ligação ao recente Centro Interativo da História Judaica em Monsaraz.

TURISMO: ALENTEJO CENTRAL QUER RECEBER MELHOR

A Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central (CIMAC) quer que os turistas que visitam o Alentejo Central beneficiem de melhores condições e mais informações e, em consequência, vai instalar dois centros interpretativos e um espaço de acolhimento de turistas em Évora, além de melhorar as condições de atendimento e receção aos turistas em 5 concelhos desta área: Arraiolos, Reguengos de Monsaraz, Montemor-o-Novo, Viana do Alentejo e Vila Viçosa.

REGUENGOS VÊ APROVADOS INVESTIMENTOS DE 2,5 MILHÕES DE EUROS

A notícia é avançada pelo presidente da Câmara, José Calixto, nas redes sociais.

Páginas