Está aqui

Alandroal

COSTA DA SILVA QUER FORTALEZA DE JUROMENHA NA LISTA REVIVE

António Costa da Silva, deputado do PSD eleito por Évora, é um dos subscritores do projeto de resolução que defende a inclusão da Fortaleza de Juromenha no Programa Revive, para concessão a investidores privados e, por essa via, serem recuperados.

Costa da Silva insurgiu-se em janeiro deste ano quando deu conta que a Fortaleza de Juromenha "havia desaparecido" da lista Revive, onde se encontrava inicialmente.

TRIATLO INTERNACIONAL DE ELVAS UNE ALENTEJO E OLIVENÇA

O Triatlo é um evento atlético composto pela combinação de três modalidades, natação, ciclismo e corrida. Mas para além do carácter desportivo a prova também pode servir para reforçar laços de cooperação entre territórios separados por fronteiras.
 

ALUNOS DA ESCOLA BÁSICA DO ALANDROAL SEM PAVILHÃO

Alunos da Escola Básica Diogo Lopes Sequeira do Alandroal sem Pavilhão Gimnodesportivo.

Existe um conjunto de necessidades de intervenção em Escolas do distrito de Évora que tardam em ser concretizadas.

A nova programação de fundos comunitários prevê o financiamento dessas Escolas. Na realidade, não se percebem quais as razões que levam a esta falta de concretização por parte do Governo.

Um dos exemplos é o da Escola Básica Diogo Lopes Sequeira do Alandroal, que foi construída em 2009, sem que tenha sido concluída na totalidade.

COSTA DA SILVA DEFENDE CONSTRUÇÃO DE PAVILHÃO EM ESCOLA DO ALANDROAL

O deputado António Costa da Silva (PSD) eleito por Évora defende obras de construção do Pavilhão Gimnodesportivo da Escola Básica Diogo Lopes Sequeira do Alandroal. Em carta enviada ao Ministro da Educação, Costa da Silva alerta para a falta de condições para a prática desportiva dos alunos daquela escola e pretende saber para quando uma intervenção do governo.

PEIXE DO RIO É REI NO ALANDROAL

Desde os primórdios dos tempos que o homem manteve uma forte ligação com o grande rio do sul, o Guadiana e os seus afluentes. Os percursos de água foram um forte vinculo para a fixação e subsistência dos primeiros povos autóctones, a maioria dos sítios arqueológicos do concelho do Alandroal assim o indicam, pois localizam-se nas suas imediações. É assim que se abre a apresentação de uma das mais interessantes mostras gastronómicas do Alentejo.

HÁ 10 MUNICÍPIOS NO ALENTEJO CENTRAL QUE VÃO SUBSTITUIR A ILUMINAÇÃO PÚBLICA

Alandroal, Arraiolos, Borba, Montemor-o-Novo, Mora, Mourão, Portel, Redondo, Reguengos de Monsaraz e Viana do Alentejo são os concelhos do Alentejo Central que se preparam para substituir a tecnologia da iluminação pública actual pela nova tecnologia LED. O momento será sinalizado hoje através da assinatura de um protocolo com a EDP Distribuição, para que se proceda a uma progressiva substituição da atual tecnologia de iluminação pública pela tecnologia LED que apresenta vantagens ambientais, energéticas e económicas.

Imagem de capa de mediotejo.net

VHILS TRANSFORMOU UM MONTE ALENTEJANO EM ARTE

Alexandre Manuel Dias Farto, Vhils, como é conhecido na cultura graffiti, é um pintor e grafiteiro português, conhecido pelos seus "Rostos" esculpidos em paredes um pouco por todo o mundo. Desta vez e em duas noites e um dia, na semana passada, transformou um monte alentejano no Alandroal numa obra de arte.

Os murais esculpidos no reboco das paredes pode ser apreciado a partir da estrada nacional 255, no Distrito de Évora.

Imagem de capa de Manuel dos Santos.

ALANDROAL COM MOSTRA GASTRONÓMICA ONDE O PEIXE DO RIO É REI

Entre 5 e 13 de Março no Alandroal (Évora) o peixe do rio é rei. Falamos da VII edição da Mostra Gastronómica do Peixe do Rio, que conta este ano com 14 restaurantes aderentes e mais de 40 pratos com peixe do rio. Açorda de Sável, Caldeta de Barbo, Lúcio grelhado com molho de peojo, Arroz de Lampreia, Achigã no forno, Migas de ovas com peixe frito, chega-lhe? E agora regue tudo isto com os maravilhosos vinhos do Alentejo.

O festival não se fica por aqui. Para além da comida, a iniciativa conta com passeios de barco, passeios a cavalo, mostra de produtos regionais e música.

ALENTEJO QUER REDUZIR DESPERDÍCIO DE ÁGUA

A perda de água na distribuição da rede pública portuguesa anda na casa dos 40%. Já a média das perdas nos restantes países europeus anda nos 15%, que é o objectivo para o país até 2020.

POR TERRAS DO ENDOVÉLICO

O Endovélico é uma antiga divindade venerada na Lusitânia pré-romana, por época da Idade do Ferro. Mesmo depois da romanização, o culto a esta divindade continuou e espalhou-se pelo império romano, embora fosse na Península Ibéria, essencialmente na Lusitânia e Bética, os grandes polos de admiração.

A capital do Endovélico seria perto da ribeira de Lucefecit, em São Miguel da Mota, concelho do Alandroal (Évora) - Imóvel de Interesse Público desde 1997 - onde existia um santuário, além de inúmeras inscrições e ex-votos dedicados a ele – atualmente podem ser visitadas no Museu Nacional de Etnologia. O culto de Endovélico sobreviveu até à chegada do cristianismo, por volta do séc. V.

Páginas