2 Janeiro 2017      18:22

Está aqui

SÉRIE GRAVADA EM ELVAS ESTREOU ONTEM NO CANAL 1

E se Luís de Camões tivesse morrido antes de escrever Os Lusíadas? O que aconteceria se algo ameaçasse a publicação da Mensagem, de Fernando Pessoa? São algumas das questões com as quais os agentes intertemporais do Ministério se irão debater. A sua função é impedir que o rumo da História se altere e assim proteger o presente.

A série "Ministério do Tempo", cujas gravações decorreram na cidade de Elvas, estreou ontem, segunda-feira, dia 2 de Janeiro, na RTP1.

A série, com 16 episódios, retrata as peripécias da patrulha intertemporal, que se vão cruzar-se com grandes figuras históricas: como os líderes fascistas Salazar e Hitler, autores como Gil Vicente e Eça de Queiroz, e até o lendário ilusionista Harry Houdini.

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.