7 Julho 2017      12:12

Está aqui

SECA EXTREMA: "É PRECISO PARAR DE REGAR ESPAÇOS VERDES"

Neste momento e segundo dados do Sistema Nacional de Informação de Recursos Hídricos, 80% do território está em seca severa ou extrema. Um terço das barragens nacionais iniciou o verão com menos de metade da sua capacidade de reserva de água.

E o interior do país é o mais penalizado. A situação é tão crítica que levou o Secretário de Estado do Ambiente a avisar que Alentejo e Beira Interior podem chegar a agosto sem água para a população e que é preciso parar de regar espaços verdes.

O governo prepara-se para  ativar a Comissão Permanente de Prevenção, Monitorização e Acompanhamento dos Efeitos da Seca, criada há pouco mais de um mês e tem agendadas reuniões com agricultores, gestores de albufeiras e com os municípios para implementar planos de contingência. Para já a solução passa pela procura de novos furos de água e reativação dos já existentes.

Em notícia avançada hoje pela TSF, no final de junho cerca de 80% do território estava em seca severa (72,3%) ou extrema (7,3%). Depois de um inverno com pouca chuva, a primavera também foi muito quente, seca e com uma chuva que apenas correspondeu a 75% do valor médio histórico para estes meses do ano.

Imagem de capa do Agroportal.

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.