3 Abril 2017      13:57

Está aqui

PARA QUÊ ESPERAR?

A cada dia que passa surge mais um caso de uma criança, jovem ou adulto com leucemia e a precisar urgentemente de um transplante de medula óssea.

A cada dia, um de nós olha para os pedidos de ajuda, partilha os mesmos, mas volta a adiar o registo como dador de medula óssea.

Hoje não me dá jeito. Amanhã talvez consiga um tempo para o fazer.

Existe apenas um pequeno grande problema. Amanhã pode ser tarde demais. Amanhã poderemos ter mais estrelas no céu. Mais uns pais a chorar a perda de um filho. Irmãos que perdem o seu irmão. Avós que perdem os seus netos.

Não vou ofender estas famílias ao dizer que sei o que sentem, pois não consigo sequer imaginar o que possa ser tal dor.

A dor da perda. A dor da impotência. A dor de sabermos qual a solução para esta maldita doença e de não a conseguirmos encontrar.

Hoje fui eu quem disse basta!

Hoje inscrevi-me como dadora de medula óssea. Ao meu lado estavam outras pessoas que deram o mesmo passo que eu.

Não custou nada e o tempo entre a espera e o registo não se compara ao facto de quem se regista poder salvar uma destas vidas. A Maria, o Afonso, o Manuel. O nosso filho. O nosso irmão. O nosso neto.

Se todos nós, sentados ao nosso computador, nos empenhamos em causas facebookianas e nos insurgimos com comentários de terceiros, porque não aproveitamos esse mesmo tempo e essa mesma força para nos dirigirmos ao ponto de recolha mais próximo e nos registarmos como dadores de medula óssea?

Estaremos mesmo à espera que um dia sejamos nós ou um familiar ou amigo a precisar?

Pertence-nos a nós ajudar no que podemos e pertence às instituições permitir-nos ajudar. Vários são os pontos de recolha que não pemitem o registo de dador de medula óssea sem que seja feito o registo como dador de sangue.

Sendo dois actos igualmente nobres e fundamentais, cabe à pessoa que se vai registar poder escolher se quer também ser dadora de sangue naquele ou noutro momento. Agora adiar a possibilidade de salvar uma vida pelo facto de também serem necessários dadores de sangue é não só éticamente reprovável, como desumano até porque o contrário não acontece.

Paremos de adiar o inadiável.

Hoje tornei-me dadora de medula óssea e você? Do que está à espera?

Imagem de capa de adoleta.com.br

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.