21 Fevereiro 2017      11:28

Está aqui

O MUNDO NÃO PÁRA DE NOS SURPREENDER

Violência doméstica na Rússia

Num mundo em que todos pensávamos caminhar no sentido do desenvolvimento, sustentação dos valores democráticos, justiça e equilíbrio social, deparamo-nos com mais um passo atrás: a Rússia descriminalizou a violência doméstica! Neste momento, marcas como feridas superficiais, abrasões ou lesões nos tecidos moles estão fora da lista de agressões que permitam alegar violência doméstica, somente ferimentos graves e com necessidade de tratamento hospitalar são considerados como tal. Um país que aprove uma lei deste tipo envergonha a Europa, transmitindo um sinal de desrespeito claro pela democracia e defesa dos Direitos Humanos.

Veto de Marcelo

De sublinhar o veto de Marcelo Rebelo de Sousa ao levantamento do sigilo bancário, impedindo, pelo menos para já, o acesso automático do fisco à informação de contas bancárias superiores a 50 mil euros. Embora esta lei possa ser mais aceitável que a anterior proposta do governo, onde se pretendia dar acesso ao fisco a todas as contas, continua a ser uma questão bastante polémica e merecedora de maior ponderação, sendo a posição adoptada pelo presidente no veto reveladora de reflexão, coerência e sentido de justiça perante as leis e assuntos governativos que analisa.

Trum up, Trump down

Mergulhado em críticas que apontavam as suas políticas económicas devastadoras, Donald Trump teve o quinto melhor primeiro mês da história dos presidentes dos Estados Unidos (Fonte: Dinheiro Vivo) no que toca a impulso dos mercados, atingindo mesmo máximos históricos em relação às últimas décadas. Por outro lado, continua a protagonizar episódios de uma surrealidade inigualável, como foi visível na invenção de acontecimentos de violência na Suécia a envolver refugiados, tendo mais uma vez prejudicado a sua imagem e dado um tiro no pé em relação às suas teorias racistas de blindagem de fronteiras.

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.