16 Março 2017      16:19

Está aqui

O ALENTEJO NA BOLSA DE TURISMO DE LISBOA

Ontem fui dia de visitar a maior feira de Turismo em Portugal. Até o próximo Domingo a BTL espera receber à volta de 75 mil pessoas. Estarão presentes durante todo o evento cerca de 1500 profissionais estrangeiros, entre operadores, hotéis e promotores de outros destinos internacionais. Uma feira de grande relevo para os Concelhos Portugueses poderem promover as suas potencialidades e aumentar a procura internacional com efeitos positivos na balança comercial.

O Turismo do Alentejo marca presença com o maior stand a nível de área no evento, acompanhado da região Ribatejana derivado à sua fusão. A entidade regional de Turismo fez o seu papel, o que permitiu a presença de todos os Municípios destas duas regiões e além disso tornou possível a apresentação de actividades dos empresários hoteleiros e eventos dos mais variados Concelhos que quiserem participar.

Existem, entretanto, muitos Concelhos que não tendo grandes atractividades turísticas, aproveitaram o pequeno espaço que lhes é concedido para apresentarem os seus sectores económicos e alguma da sua gastronomia. Percebo que a sua aposta e presença é meramente institucional. No entanto não consigo aceitar, que Concelhos como Vila Viçosa (que se encontra na lista indicativa a candidata a património da UNESCO) e outros da nossa região quase que passem despercebidos neste grande Evento, quando têm um potencial turístico enorme e toda a dinâmica conseguida deve-se exclusivamente ao esforço e divulgação por parte dos empresários da área hoteleira.

As mentalidades que gerem Concelhos com um espólio patrimonial de grande importância, têm que estar actualizadas e preparadas para tudo fazerem na divulgação das suas mais valias, tendo em conta que o Turismo é um sector de enorme oferta e competitividade não só em Portugal mas pelo Mundo fora também.

Penso que possam servir de inspiração para próximas edições Concelhos que foram mais além dos apoios das Entidades Regionais de Turismo como Leiria e Viseu (capitais de Distrito). Mas também Concelhos de menor dimensão que marcaram presença de uma forma mais criativa e ambiciosa como Penamacor, Carregal do Sal, Castro Daire, Penedono, Figueira Castelo Rodrigo, Sátão, São Pedro do Sul, Valença, Alenquer, entre outros.

Estas presenças em feiras deste tipo dão trabalho a preparar e a organizar, mas acredito que os resultados a curto/médio prazo valem todos os segundos gastos na apresentação da nossa gastronomia, dos nossos equipamentos hoteleiros, do nosso património, dos nossos museus e da nossa agenda cultural.

 

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.