19 Junho 2017      12:28

Está aqui

O ALENTEJO CONTEMPORÂNEO VISTO PELOS BRASILEIROS

"Fresco, brilhante, simples, mas muito saboroso, começou a atrair as atenções dos críticos por conta de uma das maiores influências do paladar contemporâneo: o preço". É assim que começa a descrição de Pedro Mello e Souza, um articulista prestigiado do O Globo, uma agência do Rio de Janeiro, com as publicações mais lidas do Brasil e que se dedica a trabalhos sobre viagens e turismo.

Pedro Mello e Souza sublinha o Alentejo como " terra valente, brava, resistente", assim como o seu vinho e as suas vinhas que "sobreviveram a pelo menos quatro grandes reveses históricos. Foram combatidas e arrancadas duas vezes, uma no século XVIII, sob o Marquês de Pombal, outra sob o salazarismo, nos anos 1930. Tudo em nome das campanhas para transformar a região no celeiro para o cereal português. Nos dois casos, os vinhos ficaram restritos ao consumo pessoal dos produtores e reduzidos a uma condição quase clandestina — ou desapareceram com o despreparo dos novos donos de terras, impostos pelos regimes."

Souza valoriza na sua peça o vinho branco do Alentejo, "fresco, brilhante, simples, mas muito saboroso", a que chama de criativos e com preço acessível, descreve a Herdade do Esporão como prova da "vitória do Alentejo contra tudo e contra todos" e fala do "vitorioso" enólogo Paulo Laureano "esse lusitano até no bigode". Há espaço ainda para falar do Vínea com "outra solução que os tempos de crise trouxeram para alívio da sede e do bolso", da  "mítica vinícola Cartuxa, da Fundação Eugênio de Almeida, "responsável por monumentos como o Pêra- Manca". E é no Vínea, que Pedro Mello e Souza encontra "uma síntese do novo vinho alentejano: nenhuma madeira e limpeza na cor e no paladar, para um consumo que, pretendem, seja diário.

Chaminé, da Cortes de Cima também tem lugar de destaque, como um vinho que "tem a vocação para ser uma verdadeira Côtes-du-Rhône portuguesa". A peça pode ser lida integralmente em: https://oglobo.globo.com/cultura/o-alentejo-contemporaneo-21484113

Imagem de capa de riofan.com.br

 

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.