7 Janeiro 2017      11:03

Está aqui

MAIS DUAS CAUSAS EM DEFESA DO DISTRITO DE ÉVORA

"PENSAMENTOS POLÍTICOS"

Nestes últimos quinze dias tive a oportunidades de defender causas importantes para o Distrito de Évora. Algumas foram apresentadas através de perguntas a membros do Governo, ou em alternativa através de Projetos de Resolução. Apresento 2 exemplos:

 

1 –  Recomendo ao Governo que adopte medidas que permitam a criação do Circuito Hidráulico de Viana do Alentejo (ligação à albufeira de Alqueva)

O projecto do Alqueva terminou recentemente o objetivo de alargar a área de regadio, dotando cerca de 120 mil hectares de acesso a água de rega da barragem, com a vantagem de reduzir o custo relativo do preço da água e deste modo estabelecer uma área de regadio produtiva em termos económicos, ambientais e sociais.

Em abril de 2015, foi lançado o concurso público para a elaboração do estudo de impacte ambiental do Circuito Hidráulico de Viana do Alentejo e respetivo bloco de rega. O projeto compreende diversas infraestruturas, nomeadamente um sistema e conduta elevatória, um reservatório, uma rede adutora principal, uma rede de rega, uma rede viária e um sistema de automação e telegestão.

Na sequência do desenvolvimento do Alqueva foram identificadas outras zonas com mais condições de abastecimento e fornecimento de água e com a existência de um sistema capaz para distribuir mais água, como é o caso do Circuito Hidráulico de Viana do Alentejo. A criação deste circuito consiste na ligação à albufeira de Alqueva, através de um projecto desenvolvido pela pela Empresa de Desenvolvimento e Infraestruturas do Alqueva (EDIA), com um custo de 40 milhões de euros, e cuja previsão de funcionamento aponta para 2019, que irá beneficiar uma área de 4,5 mil hectares.

Há muito que este projeto é ambicionado pelos agricultores do concelho de Viana do Alentejo.

 

2 - Necessidade de Intervenção na EN 114, (troço Montemor-o-Novo / Coruche).

A EN 114 integra a rede nacional de estradas de Portugal. Faz a ligação entre o Cabo Carvoeiro a Évora. É uma estrada muito importante para o Distrito de Évora.

A Estrada Nacional 114 (EN 114) corresponde ao traçado do IC10: Santarém - Almeirim – Coruche - Montemor-o-Novo, permite estabelecer a ligação entre o Distrito de Évora e o Ribatejo.

As escadas que ali se encontram são enomes. Muitas das pessoas que utilizam aquela Estação são idosas. Que transportam malas. O esfoço é enorme!As escadas que ali se encontram são enomes. Muitas das pessoas que utilizam aquela Estação são idosas. Que transportam malas. O esfoço é enorme!sejam transportando manualmente.

As escadas que ali se encontram são enomes. Muitas das pessoas que utilizam aquela Estação são idosas. Que transportam malas. O esfoço é enorme!A EN 114, troço Montemor-o-Novo / Coruche, encontra-se num estado de degradação muito avançado, pelo que necessita de sérios melhoramentos, para uma mais rápida e segura ligação Alentejo/Ribatejo, Centro e Norte do País.

A parte que se encontra mais degradada e num avançado processo de degenerescência, situa-se entre Montemor-o-Novo e Santana do Mato (Coruche). São cerca de 30Km que necessitam de uma intervenção urgente.

Para além das questões de segurança, a EN 114 tem uma importância estratégica para o Distrito de Évora. Esta estrada é o principal elo de ligação do Alentejo Central ao Centro e Norte do País. Nesta via circulam grande parte dos produtos que são produzidos no Alentejo, nomeadamente a cortiça, produtos e derivados agropecuários, pedra natural, produtos industriais, etc., etc.

A EN 114 tem, também, uma importância decisiva para a qualidade de vida das pessoas que vivem nesta parte do País.

 

Estes dois temas, apesar de bastante distintos, são muito importantes para o Distrito de Évora.

 

Imagem de pt.pinterest.com

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.