5 Maio 2017      11:04

Está aqui

GÁS AMERICANO VÊ SINES COMO A PORTA DE ENTRADA NA EUROPA

A estratégia energética norte-americana passa por tornar o país no maior exportador de gás natural liquefeito do mundo. A declaração é da responsável da embaixada dos Estados Unidos da América em Portugal, Herro Mustafa, feita ontem num almoço-debate organizado pela Câmara Americana de Comércio em Portugal. E Portugal, particularmente o Porto de Sines, é visto como a porta de entrada na europa pelo gás americano.

Herro Mustafa justificou a opção não só com as facilidades criadas com as novas tecnologias que tornam mais barato o transporte e o armazenamento do gás natural liquefeito como pela capacidade do Porto de Sines, um porto de águas profundas, poder receber os maiores navios metaneiros que transportam este gás. A diplomata referiu que foi feita a experiência em abril, com a chegada a Sines do primeiro carregamento de Gás Natural Liquefeito americano.

Herro Mustafa recordou que em abril do ano passado chegou a Portugal o primeiro carregamento de Gás Natural Liquefeito norte-americano, precisamente a Sines, um porto de águas profundas capaz de receber os maiores navios metaneiros que existem.

Herro Mustafa é Conselheira da Embaixada Americana em Lisboa e Encarregada de Negócios dos Estados Unidos no país.

Imagem de capa de energia.sp.gov.br

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.