3 Setembro 2017      12:17

Está aqui

CUBA HOMENAGEIA O COMBOIO

Ao longo de décadas, o comboio assumiu-se não só como um veículo de transporte de pessoas e mercadorias, mas também como um veículo de desenvolvimento e crescimento económico e social para muitas localidades do interior.

A vila alentejana de Cuba não foi exceção e quis agora homenagear a invenção do britânico George Stephenson, a locomotiva a vapor, com a criação de um monumento.

Da autoria do escultor António Charneca, a peça encontra-se na rotunda de saída para Beja, e a inauguração integrou o programa oficial da Feira Anual de Cuba.

A peça – em aço – é alusiva à chegada de um comboio à estação de Cuba e representa ainda duas figuras essenciais na sua condução: o maquinista e o homem do carvão.

 

Imagem de vozdaplanicie.pt

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.