7 Setembro 2017      08:40

Está aqui

BEJA JUNTA ESPECIALISTAS PARA DEBATER SUICÍDIO

Segundo Ana Matos Pires,  diretora do serviço de psiquiatria da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo, o suicídio é um comportamento e não uma doença, sendo um problema de saúde pública, devido às suas consequências.

Ana Matos Pires considera urgente estudar e iniciar um combate e prevenção ao suicídio no Baixo Alentejo porque é um fenómeno da região que precisa de esclarecimentos mais aprofundados e foi uma das promotoras da chegada da Campanha Setembro Amarelo a Beja.

A Cidade de Beja junta-se assim pela primeira vez neste mês de setembro à inédita Campanha Setembro Amarelo, que assinala o Dia Mundial da Prevenção do Suicídio. A iniciativa nasceu em Brasília em 2014 e estreia-se no país, em Beja, com o intuito de promover junto das pessoas a temática da prevenção do suicídio, envolvendo a administração local de saúde e o seu Observatório dos Comportamentos Suicidários e a ARIS da Planície - Associação de Reabilitação e Integração Social da Pessoa com Experiência de Doença Mental.

A campanha inclui 4 tertúlias que pretendem debater com especialistas o tema da prevenção do suicído que decorrerão às quartas-feiras no Centro UNESCO, daquela cidade, um workshop no dia 20 no Hospital de Beja sobre avaliação do risco suicidário, um programa de rádio com conteúdos dedicados ao tema e atividade desportiva.

O Dia Mundial da Prevenção do Suicídio foi criado em 2003 pela Associação Internacional para a Prevenção do Suicídio e pela Organização Mundial de Saúde e assinala-se no próximo dia 10 de Setembro.

Imagem de capa de red753.blogspot.pt

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.