4 Março 2017      11:35

Está aqui

ALUNOS DA ESCOLA BÁSICA DO ALANDROAL SEM PAVILHÃO

Alunos da Escola Básica Diogo Lopes Sequeira do Alandroal sem Pavilhão Gimnodesportivo.

Existe um conjunto de necessidades de intervenção em Escolas do distrito de Évora que tardam em ser concretizadas.

A nova programação de fundos comunitários prevê o financiamento dessas Escolas. Na realidade, não se percebem quais as razões que levam a esta falta de concretização por parte do Governo.

Um dos exemplos é o da Escola Básica Diogo Lopes Sequeira do Alandroal, que foi construída em 2009, sem que tenha sido concluída na totalidade.

Por motivos de abandono da obra por parte o empreiteiro, a construção do Pavilhão Gimnodesportivo acabou por não ser concretizado.

Atualmente, persiste o velho Pavilhão Gimnodesportivo que se encontra num estado de degradação bastante avançado, sem quaisquer possibilidades de ser utilizado.

A degradação é enorme: tabuado todo podre, as ruturas no telhado e nas paredes sobressaem por todo o pavilhão, entre outros aspetos degradantes.

Hoje em dia, o velho pavilhão só pode ser utilizado na parte dos balneários e para armazém de alguns materiais desportivos.

Não tem quaisquer condições para ser utilizado, nem para ser recuperado.

Genericamente os alunos desta Escola estão impedidos de exercer a prática desportiva. Para minimizar esta situação, foi celebrado um Protocolo pela Direcção da Escola com a Câmara Municipal do Alandroal para utilização da piscina municipal.

No entanto, dos 3 professores de educação física, apenas 2 estão habilitados a exercer a atividade de natação, o que torna muito difícil o desenvolvimento desta atividade pelos alunos.

Segundo Informação obtida, a necessidade de intervenção nesta escola (pavilhão gimnodesportivo, zona envolvente e parque de estacionamento) e respetivo financiamento, está identificada como prioritária no mapeamento realizado no âmbito do ALENTEJO 2020 (Programa Operacional Regional do Alentejo 2014-2020).

Não se percebem as hesitações existentes por parte do Governo na concretização desta obra.

Esta é uma matéria que se repete no Distrito de Évora. São várias as necessidades de intervenção, todas previstas na nova programação de fundos comunitários, sem que o Governo tome quaisquer iniciativas para a sua concretização.

Espero sinceramente uma rápida resposta a estas graves carências e assim serem respondidas as justas reivindicações das famílias do concelho do Alandroal, mas também de todos os que dirigem e trabalham naquela Escola.

Imagem de capa de handinhandparenting.org

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.